Previdência Social: meta é estender cobertura para 77% dos trabalhadores

Afirmação foi feita nesta terça-feira, dia em que a Previdência Social completa 89 anos de existência

SÃO PAULO – A Previdência Social comemora seus 89 anos nesta terça-feira (24), com planos de expansão para os próximos anos. A meta é aumentar o nível de cobertura dos trabalhadores brasileiros para 77%, nos próximos anos, o significa garantir proteção a mais de 15 milhões de trabalhadores.

Junto com esta meta, está o desafio de aumentar a cobertura entre as mulheres. Segundo o secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim, um dos objetivos dessa expansão é diminuir a diferença entre os sexos. “No caso das mulheres, a cobertura, hoje, infelizmente, é menor do que dos homens; então, estamos fazendo um esforço acima da meta global para aumentar a cobertura previdenciária”, explicou Rolim.

Segundo a Agência Brasil, o ministro interino da Previdência, Carlos Eduardo Garbas, informou ainda que o governo está trabalhando para aprimorar o atendimento da Previdência em todo o País e fazer com que o sistema seja mais eficiente. “O que queremos é cada vez mais eficiência na gestão e melhoria na prestação dos serviços”, informou Gabas.

PUBLICIDADE

Previdência para o empreendedor
Com objetivo de expandir a cobertura da Previdência Social, foi implantado pelo Governo Federal, em 2009, o EI (Programa do Empreendedor Individual). O EI tem ampliado a formalização de trabalhadores e permitido o acesso deles aos benefícios da Previdência Social.

Desde o seu lançamento, foram cadastrados mais de 1,9 milhão de empreendedores individuais que antes atuavam na informalidade, sem nenhuma proteção, e hoje podem contar com os benefícios da Previdência Social, como aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxilia-doença, salário-maternidade, entre outros.