Previdência: segurados que recebem acima do mínimo terão reajuste de 3,30%

Reajuste seguiu variação do INPC e vale a partir de 1º de abril; teto e alíquota de contribuição também mudaram

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os 8,1 milhões de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) que recebem acima de um salário mínimo terão seus benefícios reajustados em 3,30% a partir de 1º de abril, com pagamento no início de maio, segundo divulgou a Previdência Social nesta quarta-feira (11).

O reajuste foi confirmado depois da divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), base para elevação dos benefícios, que teve variação positiva de 0,44% no terceiro mês de 2007.

Contribuições

Como o valor dos benefícios, o teto de contribuição para a Previdência Social também aumentou, de R$ 2.801,82 para R$ 2.894,28. Além disso, as alíquotas de contribuição dos trabalhadores empregados, domésticos e avulsos também mudou, de acordo com a tabela a seguir:

Aprenda a investir na bolsa

Salário Alíquota de contribuição
até R$ 868,297,65%
entre R$ 868,30 e R$ 1.140 8,65%
entre R$ 1.140,01 e R$ 1.447,149%
entre R$ 1.447,15 e R$ 2.894,2811%

Salário família

Com relação à cota do salário família, o valor será de R$ 23,08 para quem recebe até R$ 449,93, e de R$ 16,26 para os beneficiários que ganham entre R$ 449,33 e R$ 676,27.

A Previdência ainda decidiu que o auxílio-reclusão será fornecido aos dependentes dos segurados cujo salário de contribuição seja igual ou inferior a R$ 676,27, a partir de 1º de abril. Além disso, o valor dos benefícios que têm direito à reposição do CPMF (Contribuição Provisória de Movimentação Financeira) descontado pelo banco foi fixado em R$ 3.800.