Antony Jenkins

Presidente do Barclays recusa bônus de 2,7 milhões de libras

Segundo comunicado, Antony Jenkins acredita que "não seria" correto receber a quantia após o banco ter um ano "difícil"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente executivo do Barclays, Antony Jenkins, renunciou seu bônus referente a 2013 por acreditar que não “seria correto” receber a quantia por um ano “difícil” ao banco.

O executivo recusou o bônus de 2,75 milhões de libras, o equivalente a R$ 10.831 milhões, de acordo com a cotação do Banco Central do dia 03 de fevereiro de 2014. O valor é o dobro de seu salário de 1,1 milhão de libras.

Segundo a Bloomberg, Jenkins concluiu que não aceitaria receber o dinheiro devido aos custos incorridos pelo banco para lidar com questões judiciais e a captação de recursos, que ultrapassaram 5,8 bilhões de libras no ano. “Assim, recusei respeitosamente a quantia oferecida a mim pelo Conselho”, disse Jenkins em comunicado, na última segunda-feira (03).

PUBLICIDADE

Antony Jenkins, que assumiu a presidência do Barclays em agosto de 2012, já havia recusado receber o bônus em fevereiro de 2013, referente ao exercício de 2012.