hierarquia corporativa

Presidente de empresa ganha 37 vezes mais que colaboradores

O estudo anual TRS 2014 da Mercer foi realizado com 467 empresas brasileiras de todos os portes

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Mesmo que a remuneração total dos cargos mais baixos da hierarquia corporativa tenha subido 6,1% em relação a 2013, ela ainda está muito abaixo da remuneração do presidente da companhia. Segundo o relatório anual TRS (Total Remuneration Surveys) 2014 da Mercer, um CEO (Chief Executive Officer) no Brasil ganha cerca de 37 mais que um operário ou auxiliar.

O estudo foi realizado com 467 empresas brasileiras de todos os portes e cerca de 1.000 cargos e seus salários. Combinando a remuneração fixa, pagamentos fixos e remuneração variável de curto prazo (bônus e PLR, por exemplo), o cargo de operário, assistente ou auxiliar ganham, em média, R$ 37.000 por ano, o que se equivale a R$ 3.083 por mês. Já o presidente recebeu, em média, R$ 1.367.000 por 2013, contando o salário base, pagamentos fixos e remuneração variável.

A remuneração total dos CEOs de empresas no País teve uma variação de 4,3% ante o ano anterior, quando eles receberam o total de R$ 1,31 milhão por 2012. Já o vice-presidente e diretor ganharam por 2013 R$ 616 mil, um incremento de 5,3% da remuneração do ano anterior.

PUBLICIDADE

As maiores altas salariais foram percebidas nos cargos de gerente sênior e profissional médio, ambos com aumento de 6,7%. Confira abaixo as remunerações médias totais de cada cargo:

CargosRemuneração total em 2014*Variação 2013 – 2014
*Salário fixo, pagamentos fixos e remuneração variável de curto prazo.
PresidenteR$ 1,36 milhão4,3%
VP/DiretorR$ 616 mil5,3%
Gerente sêniorR$ 344 mil6,7%
GerenteR$ 224 mil6,1%
Coordenador/SupervisorR$ 126 mil5,7%
ProfissionalR$ 77 mil 6,7% 
Assistente/Auxiliar/OperadorR$ 37 mil6,1%