Presidente da GM Brasil é 22° mulher mais poderosa do mundo, aponta Fortune

Revista pontua trajetória profissional de Grace Lieblein, destacando gestão altamente lucrativa em divisão da GM México

SÃO PAULO – Em sua lista anual, que divulga o nome das 50 mulheres mais poderosas mundo, a Revista Fortune colocou a presidente da General Motors no Brasil, a norte-americana Grace D. Lieblein, em 22° lugar. 

Grace foi a única executiva de uma divisão latino-americana a aparecer na lista, que não conta com nome de nenhuma executiva dos Estados Unidos, já que a revista faz uma lista exclusiva para as profissionais do país. 

Mulheres mais poderosas
Falando de Grace, a lista pontua sua trajetória profissional, mencionando sua passagem pela GM do México, quando mostrou uma gestão altamente lucrativa. Com 51 anos, Grace está há cerca de 30 anos na empresa. Vale destacar que, na última edição do ranking, o nome da executiva não havia entrado. 

PUBLICIDADE

As cinco primeiras posições da lista foram conquistadas por Cynthia Carroll, da Anglo American (britânica), Gail Kelly, da Westpac (australiana), Marjorie Scardino, da Pearson (britânica), Barbara Kux, da Siemens AG (alemã), e Chanda Kochhar, ICIC Bank (indiana). 

Em relação aos países integrantes do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o Brasil, com apenas um nome na lista, se iguala à África do Sul, que teve o nome de Maria Ramos, da Absa Group, listado na sétima posição. A China teve oito nomes de executivas selecionados, a Índia teve seis e a Rússia, nenhum.