Preguiça para o trabalho? Médico explica por que sensação aumenta no frio!

Segundo imunologista, aspectos fisiológicos levam à queda de produtividade e à maior incidência de faltas

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Com a chegada do frio, a sua vontade é de nem levantar da cama para ir ao trabalho? Pois saiba que esta preguiça, que chega junto com a queda das temperaturas, é explicada cientificamente, e pode diminuir o seu rendimento no trabalho.

De acordo com o médico imunologista-pediátrico da Cia. do Adolescente e Família, em Brasília, Dr. Fabrício Monteiro, esta falta de disposição tem uma explicação. “A pessoa fica mais preguiçosa porque ela tende a guardar energia”, explicou.

“Nós somos resultado de uma seleção natural. Antigamente, na idade da pedra, quem não conseguia guardar energia não se adaptava, principalmente por causa dos invernos rigorosos e porque não tínhamos uma casa, casacos, para proteger”, completou. O problema é que, com o frio, o rendimento no trabalho pode cair.

Faltas no trabalho

Aprenda a investir na bolsa

Mas não é apenas o aspecto do desenvolvimento da raça humana que pesa nesta hora. No frio, as pessoas tendem a ficar mais aglomeradas, com as janelas fechadas, respirando o mesmo ar no escritório o dia inteiro: nada melhor para a transmissão de vírus.

“Aumenta a incidência das infecções virais, que dão fadiga, cansaço. Aí, o indivíduo que trabalha bastante subestima esses vírus, e tende a piorar a situação!”, disse Monteiro.

Outro aspecto que ajuda a aumentar o absenteísmo no trabalho são as alergias. Elas atacam mais no frio, principalmente porque as pessoas tendem a usar mais edredons e cobertas, que estavam guardados no armário.

Drible as sensações

“Praticar atividade física pela manhã é uma forma de ativar o cérebro e o corpo para que comecem a trabalhar com mais disposição. O resultado é a diminuição da preguiça durante o dia”, afirmou o especialista.

Para guardar energia, outra tendência é se render aos alimentos mais calóricos. “O risco é chegar à primavera acima do peso e com dificuldades de vencer o sedentarismo”. Por isso, escolha alimentos com muita fibra, como frutas e verduras.

A chegada do inverno aumenta em 40% a incidência de doenças respiratórias, como asma, gripe, resfriados e rinites, de acordo com o Lavoisier Medicina Diagnóstico. Abaixo estão as orientações do laboratório para evitar estes problemas:

  • Forre o colchão e o travesseiro com capa impermeável;
  • Mantenha-se distante de tapetes e carpetes;
  • Evite acúmulo de pó e sujeira na mobília;
  • Mantenha o local onde trabalha arejado;
  • Evite animais com pêlos;
  • Não fume em locais fechados;
  • Evite cheiros fortes.

PUBLICIDADE