Por aumentar produtividade, atividade física impacta no salário dos profissionais

Exercícios físicos regulares ajudam a melhorar as funções mentais, o bem-estar psicológico e os níveis de energia

SÃO PAULO – Aparentemente os profissionais sedentários têm um bom motivo para começar a se exercitar. Um estudo recentemente publicado mostrou que um indivíduo que pratica atividades físicas de uma a três vezes por mês ganha salário 5,2% maior do que os sedentários.

Aqueles que praticam exercícios regularmente possuem salários até 9% mais altos. O estudo, publicado na revista científica Journal of Labor Research, e desenvolvido pelo economista Vasilios D. Kosteas, da Universidade de Cleveland, nos Estados Unidos, revelou que, enquanto os exercícios moderados produzem efeitos positivos em termos salariais, os exercícios realizados com mais frequência trazem ganhos ainda melhores.

Maior produtividade
De acordo com o estudo, a atividade física pode levar ao aumento de salário justamente por aumentar a produtividade dos profissionais. Os exercícios físicos regulares ajudam a melhorar as funções mentais, o bem-estar psicológico e os níveis de energia, elementos que melhoram a produtividades e, novamente, podem levar a aumento de salário.

PUBLICIDADE

Outra discussão que o estudo pretende estudar mais tarde é sobre como as pessoas devem alocar seus horários de trabalho e de exercícios. Ou seja, é mais adequado pensar primeiro na carga de trabalho e, depois, nos exercícios, com o tempo que sobra, ou seria melhor alocar simultaneamente o tempo destinado para as diversas atividades, como o trabalho, os exercícios e o próprio lazer.