Plano de Desenvolvimento da Educação deve contemplar da creche ao pós-doutorado

Estão previstas também para o do PDE, a nacionalização do piso salarial de professores e ampliação do tranporte escolar

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Presidente Luiz Inácio Lula da Silva determina que Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) deve receber recursos necessários para cobrir todos os níveis possíveis de ensino, ou seja, da creche ao pós-doutorado.

Medidas do PDE

De acordo com a Agência Brasil, o Plano de Desenvolvimento da Educação, apresentado na última semana pelo governo federal, deve entrar em vigor no segundo semestre deste ano. Trata-se de um plano de metas que deve indicar níveis de educação e de necessidade para cada região de melhorias no sistema.

Entre as medidas para ensino fundamental, o foco prioritário do PDE é ampliar, modernizar e se possível padronizar a frota de transporte escolar. Outra medida prevista é levar luz elétrica a escolas que abrigam 700 mil alunos no País, 1,5 do total de estudantes da educação básica.

Piso Salarial

Aprenda a investir na bolsa

Até o final do mês o governo deve enviar ao Congresso Nacional proposta de piso salarial a professores, retomando discussões de 1994, entre o governo federal e Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), que previa piso nacional de R$ 300. O valor corrigido fica em torno de R$ 800.

Para a formação de profissionais da Educação, o ministro da educação afirmou que a Universidade Aberta do Brasil será instrumento de formação e utilização dos professores para a educação básica.