Planejar intercâmbio de última hora implica inconvenientes; fuja deles!

Os 'atrasados' correm o risco de não conseguir o visto, a passagem aérea ou de pagar mais caro na experiência

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Cheio de problemas para resolver no trabalho, aquela viagem internacional que queria fazer em julho, para ingressar num curso de inglês, acabou ficando em segundo plano.

Mesmo assim, você não precisa desistir da idéia: ainda dá tempo de contratar pacotes de intercâmbio de um mês para o período de férias. O interessado, por sua vez, passará por alguns inconvenientes, que podem ser contornados.

O primeiro deles é com a documentação. Pode ser que o visto de estudante não seja emitido a tempo de realizar a viagem e, então, você terá adquirido o pacote de viagem e a passagem e não terá como embarcar.

Aprenda a investir na bolsa

Para diminuir as chances de isso acontecer, antes mesmo de solicitar o visto, escolha qual curso irá realizar e já entre em contato com a instituição. Se tiver a matrícula aceita, fica mais fácil conseguir o visto.

Passagem aérea

Outro entrave encontrado pode ser com a passagem aérea, já que muito vôos internacionais já estão lotados. Para isso, uma alternativa é buscar destinos pouco procurados, mas que oferecem a mesma qualidade de ensino.

“Para aprender o inglês, os destinos mais procurados são Estados Unidos, Inglaterra e Canadá, mas a partir de 2000 e 2001 passaram a ser também a Austrália e Nova Zelândia”, disse a gerente de comunicação da STB (Student Travel Bureau), Cláudia Martins.

Dentre os destinos alternativos para aprender a língua, está a Irlanda, além de Malta. Este último é um país – arquipélago de ilhas – entre a Sicília e o norte da África. A língua oficial é o inglês, porque o último colonizador foi a Inglaterra. Outro local indicado para aprender o inglês, mas ainda pouco tradicional, é a África do Sul.

Seu bolso

Além disso, quem deixa para a última hora paga mais caro. De acordo com a gerente de comunicação da STB, Cláudia Martins, a compra de pacotes de intercâmbio antecipada também gera economia de dinheiro. Como não conseguiu evitar esse inconveniente, a opção é pesquisar os melhores preços que se adeqüem ao seu bolso.

Se não conseguiu evitar um gasto maior na compra do pacote e da passagem, o jeito é economizar no destino. Para isso, veja algumas dicas de Cláudia abaixo:

  • Admita morar com uma outra família: apesar dos inconvenientes para quem gosta de liberdade, são oferecidos café da manhã e jantar, o que significa não desembolsar com duas refeições;
  • Coma em restaurantes locais: eles vão oferecer uma comida muito mais saudável e barata que as redes de fast food;
  • Não se prive dos espetáculos e atrações porque existem dias da semana que eles são mais baratos;
  • Programe os gastos por semana, sem levar em conta o limite do cartão de crédito;

PUBLICIDADE