PIS: trabalhadores que sacarem recebem novo mínimo de R$ 415

No 1º dia do reajuste, CEF registrou 2,53 mil saques, alta de quase 70% na comparação com média diária de fevereiro

SÃO PAULO – Com o reajuste do salário mínimo, os trabalhadores que sacarem o abono do PIS já poderão receber o novo valor de R$ 415, segundo revelou a CEF (Caixa Econômica Federal) nesta terça-feira (4).

Somente no primeiro dia do reajuste do mínimo, na segunda-feira (3), a CEF já havia registrado 2,53 mil saques, aumento de quase 70% na comparação com a média diária do mês de fevereiro (1,5 mil abonos), quando o mínimo era de R$ 380.

O pagamento estará disponível até o dia 30 de junho de 2008.

Abonos

PUBLICIDADE

Foram identificados mais de 11,914 milhões de abonos em todo o país, sendo que 11,274 milhões já foram pagos, o que representa 94,63% do total e um valor de R$ 4,185 bilhões.

No Estado de São Paulo, por sua vez, foram identificados 2,740 milhões de abonos salariais, no valor de R$ 1,040 bilhão. Deste total, 2,587 milhões já foram pagos, equivalentes a um montante de R$ 956 milhões.

Considerando quem ainda não recebeu e o novo mínimo, há R$ 63,5 milhões disponíveis.

Direito

A CEF orienta que, antes de se dirigir aos locais de atendimento, o trabalhador deve verificar se não recebeu o benefício antecipadamente, com crédito em conta, checando os extratos bancários de julho a novembro do ano passado ou os contracheques de julho, agosto ou setembro de 2007.

Para quem ainda não recebeu, é possível sacar com o Cartão do Cidadão e senha nas máquinas de auto-atendimento, casas lotéricas e Caixa Aqui, inclusive nos finais de semana. Sem o cartão, o saque pode ser feito em agência bancária com identidade e comprovante de inscrição no PIS.

De acordo com as regras do programa do Ministério do Trabalho e Emprego, todo trabalhador da iniciativa privada que estiver cadastrado no PIS até 2002, que tenha trabalhado, no mínimo, 30 dias em 2006, com carteira de trabalho assinada pela empresa e tenha recebido, em média, até dois salários mínimos mensais, poderá sacar o benefício.