PIS/Pasep: Lupi quer que pessoas saquem abono para comprar mais

Para o ministro, o abono no valor de um salário mínimo deve ser usado para compras, para incentivar a geração de empregos

SÃO PAULO – O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, quer que os trabalhadores saquem o abono salarial do PIS/Pasep para consumir mais e ajudar a economia do País.

“Nós já liberamos mais de R$ 5,6 bilhões em abono salarial. Mas muita gente ainda não sacou. Mesmo faltando seis meses para o fim do prazo, queremos incentivar o trabalhador a resgatar esse dinheiro o quanto antes. Garantindo esse 14º salário no final do ano, o trabalhador pode ter um Natal melhor, consumir mais e ajudar a gerar mais emprego“, disse.

Recorde de pagamento

O MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) bateu recorde de pagamento do abono PIS/Pasep do exercício de 2008/2009, com mais de 13,86 milhões de benefícios sacados, e 89,16% da cobertura nacional. No exercício anterior, 13,537 milhões de trabalhadores retiraram o abono, o que representa 95% da cobertura.

PUBLICIDADE

Ou seja, de agosto a 15 de dezembro deste ano, os pagamentos já superaram em 330 mil todo o período de resgate do ano anterior. Cerca de 1,68 milhão de pessoas ainda podem ir às agências da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil para fazer o resgate de R$ 415. A data limite é 30 de junho de 2009.

Na última quinta-feira (17), o Ministério começou a enviar cartas para 1,22 milhão de pessoas que ainda não fizeram o resgate, para garantir que um maior número de brasileiros tenha acesso ao benefício.

Regiões

Entre as regiões brasileiras, o Nordeste obteve destaque, com 92% de saques efetuados. Em seguida, aparecem o Sul (90,58%), o Sudeste (88,27%), o Centro-Oeste (85,67%) e o Norte (82%).

Tem direito a receber o abono salarial o trabalhador que esteja cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos (desde 2003), tenha trabalhado com carteira assinada ou sido nomeado efetivamente em cargo público durante pelo menos 30 dias no ano de 2007 e que tenha recebido em média até dois salários mínimos por mês.