PIS/Pasep: em São Paulo, 101 mil trabalhadores ainda não sacaram

Estado tem o maior número de abonos não sacados. Trabalhadores tem até o dia 30 de junho para retirar o benefício

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Faltando menos de um mês para o fim do prazo, mais de 740 mil trabalhadores ainda não sacaram o PIS/Pasep referente ao exercício 2008/2009, no valor de um salário mínimo. A maioria desses trabalhadores vêm de São Paulo, onde 101 mil benefícios não foram sacados. O prazo termina no próximo dia 30 de junho.

Após São Paulo, o estado com o segundo maior número de abonos não sacados é o Rio de Janeiro, com 62 mil. Com isso, a região Sudeste é a primeira do ranking, com 209 mil trabalhadores. Minas Gerais possui 34 mil e Espírito Santo tem 10 mil, como é possível verificar na tabela abaixo:

EstadoPagosNão-PagosCobertura
Acre30.5532.32592,93%
Amapá27.20093496,68%
Amazonas147.2548.15594,75%
Pará302.55018.92394,11%
Rondônia98.4526.13194,14%
Roraima24.4321.61093,82%
Tocantins73.9163.87795,02%
Alagoas214.9075.97097,30%
Bahia831.98522.66497,35%
Ceará611.96855399,91%
Maranhão232.2699.66596,01%
Paraíba254.3856.77297,41%
Pernambuco636.29313.40997,94%
Piauí158.5053.02898,13%
Rio Grande do Norte259.3412.63099%
Sergipe151.61685599,44%
Distrito Federal234.83817.68193%
Goiás473.19915.81196,77%
Mato Grosso197.56219.31091,10%
Mato Grosso do Sul190.8369.73695,15%
Espírito Santo339.55210.80796,92%
Minas Gerais1.930.77034.04898,27%
Rio de Janeiro1.408.71162.97495,72%
São Paulo3.251.215101.91896,96%
Paraná1.027.95914.73498,59%
Rio Grande do Sul1.011.72614.14898,62%
Santa Catarina698.76322.37996,90%

Brasil

Aprenda a investir na bolsa

Considerando o total de abonos não sacados em todo o País, eles somam R$ 343 milhões. “Nesse momento de crise, é fundamental que avisemos aos trabalhadores que eles têm esse dinheiro para sacar”, afirmou nesta quarta-feira (3) o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.

De acordo com dados divulgados pelo ministério, o atual exercício registra um recorde no saque de benefícios, com cobertura de 95,2%. A expectativa de Lupi é de que sejam realizados mais de 96% dos saques identificados.

Os trabalhadores que ainda não receberam

Antes de ir aos locais de atendimento, é importante o beneficiário verificar primeiro se recebeu ou não os benefícios antecipadamente, por meio de crédito em conta ou pelo convênio Caixa PIS-Empresa ou no Banco do Brasil.

Para se certificar, basta olhar os extratos bancários de julho e novembro de 2008 e também os contracheques dos salários de julho, agosto ou setembro do ano passado. O trabalhador que tem direito ao PIS pode fazer o saque nos caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal, por meio do Cartão do Cidadão, nas lotéricas e nos postos Caixa Aqui.

Quem não tem o Cartão do Cidadão deve procurar agência da Caixa e levar documentos de identidade e comprovante de inscrição no PIS.

Regras

De acordo com as regras do programa do Ministério do Trabalho e Emprego, todo trabalhador da iniciativa privada ou servidor público que estiver cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e, em 2007, tenha trabalhado, no mínimo, 30 dias com carteira de trabalho assinada pela empresa e recebido, em média, até dois salários mínimos mensais, poderá sacar o benefício.

PUBLICIDADE

Além disso, o trabalhador deve ter tido seus dados enviados pela empresa ou órgão público onde atuou à Rais (Relação Anual de Informações Sociais) do ano-base 2007.