Pessoas com mais de 50 anos já representam 18,1% da população ocupada

De acordo com os dados do IBGE, havia 3,613 milhões de trabalhadores com 50 anos ou mais em maio deste ano

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A população com 50 anos ou mais atingiu 18,1% do total de pessoas ocupadas em maio, em seis regiões metropolitanas (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Porto Alegre) do País.

No total, havia 3,613 milhões de trabalhadores com mais de 50 anos no quinto mês do ano. Em quatro anos, a participação deste grupo etário na população ocupada foi a única a crescer (2,7 pontos percentuais).

Os dados, divulgados nesta quinta-feira (20), fazem parte da Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Envelhecimento da população

Aprenda a investir na bolsa

Nas seis regiões, a participação da população ocupada com 50 anos ou mais no total da População em Idade Ativa (PIA) subiu de 22,4% para 25,3%, entre maio de 2002 e maio de 2006.

No período, este contingente passou de 8,154 milhões para 10,013 milhões de pessoas (aumento de 22,8%), enquanto a PIA cresceu apenas 8,6%, o que reflete o envelhecimento populacional.

E o crescimento da população com 50 anos ou mais de idade deu-se mais intensamente entre ocupados e inativos: em 2006, 33,1% estavam ocupados e 1,4% desocupados, ao contrário da população ocupada total, cujos percentuais são de 50,6% e 5,7%, respectivamente.

Análise regional

Em todas as regiões metropolitanas, a participação das pessoas com 50 anos ou mais de idade entre a população ocupada cresceu.

E a Região Metropolitana do Rio de Janeiro manteve a maior participação das pessoas com 50 anos ou mais no mercado de trabalho no período analisado. Em maio de 2006, 22,3% dos ocupados estavam nesta faixa etária, contra 19,3% em maio de 2002.

Trabalho por conta própria predomina

Em maio de 2006, os trabalhadores por conta própria representavam 32,7% dos ocupados com 50 anos ou mais. Já os empregados do setor privado com carteira assinada eram 24,1% e os sem registro na carteira, 9,6%.

PUBLICIDADE

A categoria de militares e funcionários públicos com mais de 50 anos ficou com 23,3% de participação. Os empregadores com 50 anos ou mais, por sua vez, correspondiam a 33,6% do total de empregadores e os trabalhadores domésticos desta faixa etária respondiam por 21,0% do total da categoria.

Entre os setores da economia, os trabalhadores com mais de 50 anos respondiam, em maio deste ano, por 22% dos empregados na construção e por 14,4% nos serviços prestados à empresa, aluguéis, atividades imobiliárias e intermediação financeira.

Perfil dos trabalhadores com mais de 50 anos

Entre os ocupados com 50 anos ou mais, 9,9% moravam sozinhos e 70,2% eram os principais responsáveis pela manutenção da casa. Além disso, 46,1% das pessoas ocupadas sem instrução estavam nesta faixa etária.

Do total de pessoas ocupadas com mais de 50 anos, 13,9% tinham de 8 a 10 anos de estudo e 40,3%, 11 anos ou mais. Por outro lado, 10,3% dos trabalhadores desta faixa etária tinham até 3 anos de estudo.