Pesquisa

Pessoas atraentes são mais chamadas para entrevista de emprego

Currículos de homens e mulheres atraentes tiveram maior retorno de empresas do que os demais currículos com as mesmas qualificações

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A vida parece ser mais fácil para pessoas consideradas bonitas. Além de pesquisas mostrarem que elas tendem a ser mais bem-sucedidas no mundo profissional e pessoal, elas têm mais chances de serem chamadas para uma entrevista de emprego, diz um novo estudo italiano.

De acordo com o site Business Insider, para chegar à conclusão, pesquisadores enviaram mais de 10 mil currículos para diversas empresas, utilizando as mesmas informações profissionais e alterando apenas os nomes, endereços e fotos.

A taxa média de retorno foi de 20% em todos os currículos enviados. Para as mulheres atraentes, o índice aumentou para 54%. Pelo contrário, as que não eram consideradas bonitas, tiveram um retorno de apenas 7%.

Aprenda a investir na bolsa

Já no mundo masculino, a pesquisa obteve os mesmos resultados, só que menos destoantes. Enquanto 47% dos homens considerados bonitos foram convidados para uma entrevista de emprego, apenas 26% dos não atraentes receberam essa oportunidade.

Não apenas na Itália
O estudo italiano reflete os mesmos resultados de um outro levantamento realizado na Argentina. Lá, pesquisadores confirmaram que pessoas atraentes tiveram uma taxa de retorno do currículo de 36% superior aos não atraentes, sem qualquer variação na qualificação. A pesquisa utilizou, inclusive, as mesmas fotos nos currículos, modificadas digitalmente para tornar os rostos menos atraentes.

Em Israel, contudo, a beleza pode representar um problema entre as candidatas. Um estudo feito no país mostra que as mulheres atraentes são discriminadas profissionalmente, porque, de acordo com os israelenses, foram encontradas evidências de uma forte “inveja feminina entre mulheres no local de trabalho.”