Pesquisa mostra que mais de 38% das mulheres estão insatisfeitas com o trabalho

E-midia realizou estudo em que foi possível detectar, porém, que 20,64% delas estão satisfeitas na carreira e na vida pessoal

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A proporção das mulheres brasileiras insatisfeitas com o trabalho é maior do que a daquelas que estão felizes com a ocupação em que se encontram. Enquanto 38,02% se caracterizaram “insatisfeitas”, apenas 14,34% disseram o contrário em pesquisa realizada pela empresa de tecnologia E-midia.

De acordo com os dados, divulgados por conta do Dia Internacional da Mulher – comemorado em 08 de março -, 20,64% delas afirmaram estarem satisfeitas pessoal e profissionalmente, enquanto outras 3,89% ainda colocaram a situação financeira como um motivo de satisfação.

O estudo foi realizado no período de 3 a 5 de outubro do ano passado, com 5.119 mulheres brasileiras em idade que varia até 60 anos.

Efeito do trabalho

Aprenda a investir na bolsa

A rotina agitada, com exigências pessoais e profissionais, faz as mulheres mudarem de humor freqüentemente. Os dados mostraram que essas mudanças acontecem, para 17,02% das entrevistadas, devido à pressão no ambiente de trabalho.

Outro motivo apontado foi a ansiedade, com 37,02% das respostas; alteração hormonal (26,06%); depressão (12,33%) e insegurança (12,78%).

A pesquisa ainda mostrou a importância do apoio da família e dos amigos para a vida profissional. Isso porque, para lidar com a pressão no ambiente de trabalho, as mulheres disseram que conversam com essas pessoas, de acordo com a tabela abaixo:

Como você lida com situações de ansiedade, insegurança, pressão no trabalho etc?
AtitudeProporção
Conversa pessoalmente com amigos e/ou familiares55,36%
Busca apoio espiritual/religioso46,61%
Pratica atividades de lazer39,93%
Busca orientações de especialistas23,34%
Pratica atividades físicas22,66%
Conversa com amigos virtuais9,38%

Fonte: E-midia
A pergunta permitia até três respostas