Pesquisa mostra que forte aperto de mão garante sucesso na entrevista

"A primeira impressão começa com o aperto de mão, que marca o tom do resto da entrevista", diz responsável por estudo

SÃO PAULO – Pesquisa realizada pela Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, comprova que um firme aperto de mão é um importante passo para o sucesso da entrevista de emprego, enquanto uma fraca saudação pode fazer com que a entrevista termine o quanto antes.

O estudo mostra que o aperto de mão é mais importante, de fato, do que a maneira de se vestir ou a aparência. “Nós sempre ouvimos que o selecionador faz a imagem de uma pessoa nos dois ou três primeiros minutos de entrevista, não importando quanto tempo dure a entrevista”, diz o professor da universidade e responsável pela pesquisa, Greg Stewart.

“Nós descobrimos que a primeira impressão começa com o aperto de mão, que marca o tom do resto da entrevista”, completa.

O estudo

PUBLICIDADE

O estudo, realizado com 98 estudantes que passaram por uma entrevista simulada com representantes da área de negócios da cidade de Iowa, quantificou a importância de um bom aperto de mão para o processo de entrevista.

O gesto de cada estudante era pontuado, enquanto os representantes de áreas de negócios mediam a performance e habilidades. As duas análises eram, então, comparadas. O resultado: estudantes com melhor aperto de mão eram considerados os melhores pelos entrevistadores.

Os alunos melhores colocados foram aqueles mais extrovertidos, com contato visual, habilidades sociais e facilidade em falar.

A importância

Ao ser questionado sobre o motivo de ser importante um bom aperto de mão, Stewart respondeu que o gesto fornece um reflexo da individualidade da pessoa durante os primeiros minutos da entrevista.

“Quem procura emprego é treinado sobre como agir, como falar, como se vestir, como responder, então olhamos e agimos parecido para diversos degraus, porque sempre nos falamos as mesmas coisas, mas o aperto de mão é algo que acontece mais individualmente e sutilmente”, explica Stewart.

“Então, ele irá comunicar algo que a roupa ou a aparência física não conseguirá”, conclui.

Conclusão inconsciente

Segundo o professor, as pessoas não costumam se lembrar sobre o aperto de mão de outra, ou como ele aconteceu. “Mas o ato é uma das primeiras dicas não-verbais que conseguimos sobre a personalidade de outra pessoa, e a impressão é o que guardamos”.

O aperto de mão ideal é aquele firme, com contato visual e um rigoroso movimento para cima e para baixo.