A sua está na lista?

Pesquisa descobre as 10 profissões que os pais menos entendem

Estudo do LinkedIn mostra que os pais não compreendem as funções de seus filhos, mas se orgulham mesmo assim

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Profissionais de designer de interface correm grandes riscos de seus pais não saberem o que fazem oito horas por dia. A chance é de 80%, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo LinkedIn.

De acordo com a rede social, que entrevistou mais de 16 mil pessoas, dois terços dos progenitores (70%) não entendem quais são as funções de seus filhos. Mesmo assim, 78% deles se orgulham dessas profissões e comentam com conhecidos a respeito.

A descoberta fez parte da campanha Dia de Levar os Pais ao Trabalho (Bring In Your Parents Day), uma iniciativa na qual centenas de empresas no mundo abrirão as portas para os pais de seus funcionários na sexta-feira, 4 de novembro.

PUBLICIDADE

“Está muito claro que os pais se orgulham do trabalho dos filhos ainda que não entendam completamente o que eles fazem em suas profissões”, afirma Alexandre Ullmann, Diretor de Recursos Humanos do LinkedIn. A iniciativa toma forma em 15 países: Brasil, Austrália, Canadá, China, Cingapura, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Hong Kong, Índia, Irlanda, Itália, Suécia e Reino Unido contarão com empresas participando da campanha e gerando conteúdo por meio das redes sociais e da hashtag #BIYP.

Confira a seguir os 10 profissionais cujos pais têm mais dificuldade em compreender as respectivas funções:

1. Designer de Interface de Usuário: 80%

2. Atuário: 73%

3. Cientista de Dados: 72%

4. Gerente de mídias sociais: 67%

PUBLICIDADE

5. Subeditor: 66%

6. Produtor de Rádio: 62%

7. Sociólogo: 60%

8. Corretor de Investimento: 59%

9. Desenvolvedor de Software: 58%

10. Designer de Moda: 57%