Pesquisa: 42% dos trabalhadores acessam e-mails profissionais do carro

Estudo da IDC para Unisys aponta que brasileiros costumam acessar e-mails corporativos enquanto se locomovem em veículos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um recente estudo realizado pela IDC para a Unisys aponta que um grande número de profissionais brasileiros costuma acessar seus e-mails profissionais, enquanto se locomove. Para se ter uma ideia, de acordo com a pesquisa, dos 306 iWorkers consultados no Brasil, 42% deles relataram realizaram tal atividade no carro, como passageiros de veículos.

“Quando estão como passageiros no carro, 75% dos usuários de iPads costumam checar seu e-mail profissional”, informa a pesquisa.

O levantamento aponta ainda que o acesso remoto costuma ser frequente em outras situações um tanto quanto pessoais. “Muitos trabalhadores acessam os e-mails do trabalho enquanto assistem televisão (40%), durante uma reunião de família (21%), na cama (20%) ou mesmo dirigindo (18%)”, detalha o estudo.

Aprenda a investir na bolsa

iPad nas empresas
E não é à toa que o iPad tenha sido fundamental nas organizações para este fim. O tablet tem auxiliado, e muito, os profissionais na questão da mobilidade.

“Enquanto pouco mais de um terço dos trabalhadores consultados declararam acessar o e-mail profissional nas férias, 45% executam tal atividade por meio de um tablet corporativo. Ou seja, quase metade dos brasileiros consultados”, informa o estudo.

O levantamento também aponta os restaurantes como um dos queridinhos dos usuários: 68% dos trabalhadores acessam suas caixas de entrada destes locais.

Entrave
Contudo, muito ainda precisa ser feito, especialmente no diz respeito à solução de burocracias e entraves que possam beneficiar ainda mais os colaboradores de uma empresa.

”Apesar das organizações brasileiras reconhecerem que estas tecnologias são importantes, pouco tem sido feito para fornecer um suporte adequado para estes equipamentos e aplicações no ambiente de trabalho”, diz o diretor de negócios de outsourcing da Unisys no Brasil e América Latina, Paulo Roberto Carvalho.

Na opinião dele, é como se as empresas não quisessem enfrentar a realidade, simplesmente por não saberem como lidar com este novo cenário.

PUBLICIDADE

A pesquisa
O estudo ouviu a opinião de 101 executivos de diversas organizações localizadas no Brasil, bem como de 2.660 iWorkers de nove países.