Pesquisa: 40% dos executivos esperam bônus ou PLR maior neste ano

Mesmo com desaceleração do mercado, executivos ainda se mantêm otimistas e aguardam bônus superior em 2012

SÃO PAULO – Nas vésperas de receber das empresas a chamada remuneração variável, seja em forma de bônus, seja em PLR (participação nos lucros e resultados), muitos executivos já apontam suas expectativas e se mostram bem animados quanto ao pagamento do benefício referente ao desempenho de cada funcionário. E, de fato, otimismo é o que não falta nestes profissionais.

De acordo com um recente levantamento divulgado pela Michael Page, mais da metade dos executivos consultados (56%) acreditam que receberão bônus iguais ou maiores aos pagos em 2010.

Deste percentual, 40% acreditam que vão receber um benefício ainda maior que no ano passado. “Isso evidencia que 2011, mesmo com um final turbulento, ainda foi muito bom e o bônus dos executivos será pago por esta performance positiva”, afirma o diretor executivo da Michael Page Brasil, Marcelo de Lucca.

PUBLICIDADE

Expectativas em baixa
Contudo, nem todos se mostraram tão motivados assim na pesquisa, que consultou a opinião de 3 mil executivos nas redes sociais.

Para se ter uma ideia, de acordo com o levantamento, 30% dos entrevistados afirmaram acreditar que neste ano receberão bônus menores. Já 7% deste profissionais responderam que não deverão receber bônus neste ano, enquanto outros 7% admitiram que este benefício não é uma política praticada pela companhia em que atuam.

Segundo de Lucca, neste caso, a variação depende do setor, porte e das operações da empresa, que podem variar se a companhia tiver uma atuação concentrada em países onde a crise se tornou mais forte. Entretanto, ele recomenda: “é preciso alinhar as expectativas dos executivos brasileiros e remunerá-los de maneira adequada ao desempenho da operação local”.