Pesquisa: 40% das empresas têm dificuldades para encontrar talentos

Número de empresas que alegam escassez de profissionais é maior no México (78%), Canadá (66%) e Japão (58%)

SÃO PAULO – Se, por um lado, o mercado de trabalho parece mais acirrado do que nunca para quem busca uma oportunidade, do outro as empresas se queixam da falta de talentos.

Pesquisa realizada nos primeiros três meses deste ano aponta que 40% dos empregadores mundiais se ressentem da falta de candidatos qualificados para ocupar certas posições. O estudo foi feito pela Manpower, especializada em Recursos Humanos, que ouviu 33 mil empresas, em 23 países.

Talentos escassos”

De acordo com a pesquisa, os empregadores com maior dificuldade em descobrir pessoas indicadas para ocupar as vagas são os do México (78%), Canadá (66%) e Japão (58%).

PUBLICIDADE

Em contrapartida, o problema é menos percebido na Índia, onde apenas 13% das empresas mencionaram tal fato. Os dados referentes ao mercado brasileiro serão divulgados apenas no segundo semestre deste ano.

O que esperam os empregadores?

O estudo aponta que os empregadores procuram profissionais especializados e comprometidos com o trabalho, que tenham conhecimento das suas respectivas áreas e possam gerar resultados para a empresa.

O diretor-geral da Manpower Brasil, Augusto Costa, completa a descrição do talento procurado: além de conhecer a fundo o produto que oferece, deve conhecer muito bem a empresa onde trabalha (história, quantidade de empregados, volume de vendas e margens de lucro, por exemplo).

“Hoje não se contrata apenas por um bom currículo; o candidato deve ter potencialidade, iniciativa e pensar nos objetivos claramente e saber como atingi-los”, esclarece o especialista.

Onde faltam talentos?”

A pesquisa apurou, ainda, em quais áreas os empregadores sentem maior dificuldade de encontrar talentos. Confira: Representantes de Vendas; Engenheiros; Técnicos (produção/operações, engenharia e manutenção); Operadores de Produção; Operários Qualificados e Artesãos; Profissionais de TI; Assistentes Administrativos e Assistentes Pessoais; Motoristas; Contadores e Gerentes/Executivos.