Sebrae

Pequenas empresas criaram mais de 140 mil postos de trabalho em abril

No quarto mês do ano, o saldo positivo equivale à geração de mais de 4,6 mil vagas por dia

arrow_forwardMais sobre
Palavras-chave para o currículo
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As MPEs (Micro e Pequenas Empresas) foram responsáveis por gerar mais de 140 mil postos de trabalho em abril. É o que revela um levantamento divulgado pela Sebrae baseado nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego.

Na comparação com março, a oferta de emprego dos pequenos negócios teve alta de 120%. No quarto mês do ano, o saldo positivo equivale à geração de mais de 4,6 mil vagas por dia. Com esses resultados, os pequenos negócios responderam por 71% dos empregos criados em abril.

Setores
Entre os setores, o destaque são as empresas de Serviços que contrataram 59,5 mil postos de trabalho. Os segmentos de comercialização e administração de imóveis, que responderam por 18,4 mil vagas, e os empreendimentos de transportes e comunicações, que geraram 17,3 mil empregos, somaram as maiores contratações em abril.

Aprenda a investir na bolsa

“O crescimento do emprego no setor de Serviços é diretamente impulsionado pela alta do consumo, principalmente da classe C, que demanda cada vez mais serviços diferenciados e de qualidade”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

As MPEs da Construção Civil registraram o segundo maior saldo na geração de empregos, com quase 32 mil postos ocupados. As micro e pequenas indústrias de transformação contrataram mais de 20 mil trabalhadores formais, com destaque para a indústria têxtil, com 3.642 vagas preenchidas. A análise do Caged também mostrou, em abril, contratação na indústria de produtos alimentícios, bebidas e álcool etílico, com a geração de 2,9 mil novos postos de trabalho, e na indústria mecânica, que contratou 2,4 empregados.