chilena lidera

Pela primeira vez, USP perde posto de melhor universidade da América Latina

O posto, ocupado pela brasileira desde 2011, ficou para a chilena Pontificia Universidade Católica

SÃO PAULO – Pela primeira vez, a USP (Universidade de São Paulo) perdeu o posto da melhor universidade da América Latina no QS Latin American University Rankings 2014. A primeira posição, que pertenceu à brasileira desde 2011, quando o ranking foi estreado, agora está ocupada pela Pontificia Universidade Católica, do Chile.

O ranking anual mostra as 300 melhores universidades da região com base em seis indicadores: a reputação acadêmica de pesquisa mundial, reputação no mercado de trabalho, relação do aluno com a universidade, citações em pesquisas, proporção de estudantes internacionais e proporção de corpo docente internacional.

Agora na segunda posição, a USP recebeu uma pontuação geral de 98.9. Nos outros anos, ela havia recebido notas máximas. Outras brasileiras se destacaram no ranking: Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) aparece na 3ª posição, UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), no 4º lugar, Unesp (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho), na 9ª colocação, a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande Do Sul) empatadas na 10ª posição. No total, há mais de 70 universidades brasileiras entre as 300 melhores da América Latina.

PUBLICIDADE

Outras instituições contempladas na lista são Universidade de Los Andes da Colômbia (5ª), Universidad de Chile (6ª) e as mexicanas Universidade de Moterrey (7ª) e Universidade Nacional Autónoma de México.