Para um terço dos profissionais, área de RH não é vista como estratégica

Profissionais são vistos como aqueles que usam o termo feedback 24 horas por dia, diz especialista

SÃO PAULO – Apesar de Recursos Humanos já poder ser encontrado na maioria das empresas, uma boa parte dos profissionais ainda não sabe qual o principal papel deste departamento.

De acordo com pesquisa realizada pela Trabalhando.com Brasil, elaborada para o 37º Conarh (Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas), um terço dos profissionais (33%) ainda não enxerga a área de RH como estratégica.

Para estes profissionais, diz o estudo, o profissional de RH é responsável apenas por contratar, demitir, cuidar dos pagamentos e motivar os funcionários.

PUBLICIDADE

“Infelizmente, um terço das pessoas ouvidas ainda enxerga o RH como uma área sem importância. Esses profissionais são vistos como aqueles que usam o termo feedback 24 horas por dia e insistem que no meio de uma crise você ainda deve parar para ouvir o próximo, ensinar e aprender, promover trocas de experiências e conhecimentos”, explica o diretor geral da Trabalhando.com Brasil, Renato Grinberg.

RH
Ainda conforme a Trabalhando.com Brasil, o papel do RH vai além das pendências burocráticas, já que o capital humano é muito importante para que as empresas alcancem seus objetivos e é essencial para que os negócios sejam ampliados.

Felizmente, ressalta o estudo, 67% dos entrevistados já enxergam o RH de forma mais sensata: acreditam que, além das tarefas burocráticas, esse profissional tem como principal função implementar ações voltadas a gestão de pessoas, de acordo com o negócio da empresa, sua missão e valores.

Para o levantamento, foram ouvidos 600 profissionais das mais variadas áreas.