Para especialista, MPEs oferecem vagas atraentes, mas é difícil encontrá-las

De acordo com o especialista, as pequenas empresas buscam pessoas que tenham o perfil empreendedor

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – É comum entre os profissionais que estão à procura de trabalho encaminhar seus currículos para grandes empresas. Nesta busca por um emprego, quem ignora a possibilidade de atuar em uma pequena empresa pode estar perdendo boas oportunidades.

Para se ter uma ideia, segundo dados do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), no Brasil, as MPEs (Micro e Pequenas Empresas) são responsáveis por mais da metade dos empregos formais, sendo que o indicador chega a 56%.

O diretor e fundador da empresa de Recursos Humanos Global Network, Eberson Luiz Federezzi, explica que as organizações de menor porte oferecem oportunidades atraentes, mas é necessário ter persistência para encontrá-las, já que as ofertas são pulverizadas e mais difíceis de serem achadas.

Aprenda a investir na bolsa

“O networking é fundamental. Retomar contatos antigos, sempre manter relações com os ex-colegas e chefes de trabalho, mesmo que seja virtualmente, é imprescindível. A busca por uma vaga deve ser contínua, quanto maior for o esforço, menor será o tempo despendido”, acrescenta.

Empreendedorismo
Mas não basta somente encontrar uma boa vaga, é necessário que a empresa se interesse pelo profissional. De acordo com o especialista, as MPEs buscam pessoas que tenham o perfil empreendedor. Os colaboradores-empreendedores estimulam o crescimento da empresa e dedicam-se para transformar o negócio em um produto de sucesso, como se fosse o seu próprio.

Ele acrescenta ainda que os empresários querem que a sua equipe seja formada por pessoas que são disponíveis, criativas e pró-ativas. Uma dica é que o profissional analise a área na qual deseja se estabelecer e observe o nível de profissionalização da empresa que tem como alvo para então disputar a vaga.

“É importante que o profissional avalie se ele se encaixa nas empresas de pequeno porte. A vantagem é a possibilidade de desenvolver habilidades e alcançar novos níveis na hierarquia mais rapidamente”, diz Federezzi.

Vale destacar que as MPEs, além da possibilitarem crescimento na carreira mais acelerado, oferecem maior flexibilidade. Isso porque as empresas menores estão em constante processo de desenvolvimento, além dos cargos serem mais flexíveis e receptivos a mudanças.

Retenção de talentos
Após encontrar o profissional que se enquadra no perfil desejado, estas empresas investem em estratégias e ferramentas para reter os profissionais talentosos e que trazem resultados e inovações.

PUBLICIDADE

“A falta de mão de obra especializada preocupa os empresários, que utilizam táticas como criar ambientes corporativos mais atraentes, benefícios, prêmios, possibilidades de crescimento, confraternizações e mudanças na cultura organizacional para reter os profissionais, já que é praticamente impossível competir com os altos salários oferecidos pelas grandes companhias”, finaliza o especialista.