Ouvir sugestões e ser isento são as principais atitudes para conquistar nova equipe

Ao assumir uma nova equipe, líderes devem evitar a centralização, segundo especialistas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Mudanças na carreira, na maior parte das vezes, causam estresse e desconforto durante o período de adaptação, sobretudo quando é preciso lidar com uma nova empresa e colegas de trabalho.

Os chefes, ao assumir uma equipe, também passam por estas situações desagradáveis, com o agravante de que a eles não é permitido errar ou demonstrar o nervosismo. Contudo, de acordo com especialistas, ouvir as sugestões da equipe e ser isento são boas estratégias para passar por este período e ainda conquistar a equipe.

“O medo de errar faz com que muitos líderes centralizem as tarefas, o que é um erro fatal. O ideal, ao assumir uma nova equipe, em um primeiro momento, é observar como as coisas funcionam e ouvir sugestões”, explica o presidente do Grupo Employer, Marcos Aurélio Abreu.

Aprenda a investir na bolsa

A consultora de carreiras da Catho Consultoria em RH (Recursos Humanos), Márcia Vazquez, concorda e acrescenta: “Às vezes, é dito ao novo líder que a equipe é ruim e a pessoa já assume com ressalvas. Mesmo que sejam ditas coisas negativas sobre a equipe, o melhor é manter uma visão isenta e tentar compreender como a equipe funciona e, assim, avaliar o que deve ser renovado e o que pode ser mantido. Dessa forma, o líder criará confiança e credibilidade”.

Outras atitudes
Além de evitar a centralização, o novo líder deve se distanciar de fofocas, procurar não ser arrogante e não buscar se adequar ao padrão do antigo chefe da equipe.

“O líder deve evitar comparações e não cair no erro de querer se parecer com o antigo chefe da equipe, na tentativa de ser aceito”, diz Márcia.

Já para o presidente do Grupo Employer, o novo líder deve avaliar o que ele pode fazer como líder e procurar saber e conquistar o que a empresa oferece para facilitar e melhorar o desempenho da equipe.

“Na hierarquia das motivações, a liderança só perde para a satisfação da pessoa com o que ela faz. Por isso, a postura do líder é muito importante”, ressalta Abreu.

Liderados
No caso dos liderados, a paciência é a palavra-chave para contornar o período de adaptação a um novo chefe.

PUBLICIDADE

Por fim, dizem os especialistas, é prudente não fazer comparações entre o chefe antigo e o novo, além de se policiar para não parecer artificial, tentando agradar o novo chefe o tempo todo.