Campeões

Os salários milionários dos jogadores mais bem pagos do mundo, e como o Brexit afetou o resultado

Taça dos maiores pagamentos no esporte teve uma mudança no pódio graças ao Reino Unido e a um acordo televisivo

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A taça dos maiores salários do esporte mundial acaba de mudar de mãos pela primeira vez. O futebol europeu entregou o primeiro lugar em salários a um time da NBA, o Cleveland Cavaliers, que no ano passado chegou apenas em 23º.

O salário médio dos jogadores principais do atual campeão da liga de basquete mais famosa do mundo ficou em US$ 8,65 milhões. Entre os ídolos, destaque para o herói LeBron James, que retornou ao clube em 2014 depois de uma temporada no Miami Heat.

O restante do pódio também foi dominado pelos Estados Unidos. O New York Yankees, da liga de beisebol MLB, ficou com salário médio de US$ 7,69 milhões; e o Los Angeles Clippers, também da NBA, chegou muito perto, com US$ 7,65 milhões.

PUBLICIDADE

No top 10 aparecem apenas 3 clubes europeus: Manchester United, em quarto; Barcelona, em quinto e Manchester City, na nona posição. Paris Saint-Germain, que teve os maiores salários do ano passado, ficou de fora. 

Essa mudança drástica na geografia do ranking aconteceu por conta de uma combinação poderosa entre Brexit e um acordo televisivo bilionário, segundo a Global Sports Salaries Survey, do Sporting Intelligence. 

Em sua sétima edição, o ranking analisa as médias salariais do elenco principal de de 333 clubes ao redor do mundo – EUA, Inglaterra, Espanha, Alemanha, França, Itália, Escócia, China, Japão, Índia e Austrália. As versões anteriores foram invariavelmente dominadas pelos clubes poderosos europeus.

Neste ano, porém, o enfraquecimento da libra esterlina que se seguiu ao Brexit foi o suficiente para mudar todo o resultado. Durante a pesquisa realizada para a montagem do ranking, a libra chegou a valer US$ 1,70 e US$ 1,22.

Além disso, um novo acordo televisivo para a NBA, de nove anos de duração, significou uma injeção de US$ 24 bilhões para os clubes da liga de basquete. Valendo US$ 2,6 bilhões ao ano, 180% mais que o acordo anterior, isso significou um bom impulso para os bolsos dos jogadores.

Confira, a seguir, o top 10 e os salários médios de cada clube:

Clube (posição em 2015)LigaPaísMédia salarial (US$)
1. Cleveland Cavaliers (23)NBA (basquete)Estados Unidos8,65 milhões
2. New York Yankees (9)MLB (beisebol)Estados Unidos7,69 milhões
3. LA Clippers (18)NBA Estados Unidos7, 65 milhões
4. Manchester United (6)EPL (futebol)Inglaterra7, 61 milhões
5. Barcelona (4)La Liga (futebol)Espanha7, 45 milhões
6. Portland Trail Blazers (38)NBAEstados Unidos7,39 milhões
7. Memphis Grizzlies (22)NBAEstados Unidos7,29 milhões
8. Dallas Mavericks (39)NBAEstados Unidos7,27 milhões
9. Manchester City (3)EPLInglaterra7,15 milhões
10. Orlando Magic (96)NBAEstados Unidos7, 12 milhões