Mercado de trabalho

Os profissionais mais procurados em 30 países

De acordo com uma pesquisa da BBC, enfermeiros, engenheiros, médicos e programadores estão em falta na maioria dos países analisados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Se você é formado em Enfermagem, Engenharia mecânica, Engenharia Elétrica ou em Medicina, você é um dos profissionais mais procurados do mundo, de acordo com uma pesquisa da BBC. Esses profissionais estão no topo dos 20 que mais faltam em 30 países. 

Além da demanda por profissionais da saúde e engenharia, há países que têm uma carência de chefs, como a Bélgica, e de radiógrafos, como a Inglaterra. Já no Brasil, faltam engenheiros de diversas áreas, desenvolvedores e programadores de TI (Tecnologia da Informação).

Procura-se
Veja abaixo os profissionais qualificados mais procurados em 30 países:

ProfissionaisPaíses
*BBC
EnfermeirosAustrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, China, Hungria, Índia, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, Eslováquia, Eslovênia, Suécia, Suíça, Inglaterra, Estados Unidos
Engenheiros mecânicosAustrália, Áustria, Brasil, Dinamarca, França, Alemanha, China, Hungria, Índia, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, Eslovênia, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça e Inglaterra. 
MédicosAustrália, Canadá, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, China, Hungria, Índia, Irlanda, , Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Cingapura, Eslováquia, Eslovênia, Suécia, Suíça e Inglaterra.
Profissionais de engenharia elétricaAustrália, Áustria, Brasil, Dinamarca, Alemanha, Hungria, Índia, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Cingapura, Eslováquia, Eslovênia, África do Sul, Suécia, Suíça e Inglaterra.
Desenvolvedores e programadores de TIAustrália, Áustria, Bélgica, Brasil, República Tcheca, Dinamarca, Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Rússia, Cingapura, Eslováquia, Eslovênia, Suécia e Inglaterra.
Engenheiros e analistas de TIAustrália, Áustria, Bélgica, Brasil, República Tcheca, Dinamarca, França, Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Rússia, Cingapura, Eslováquia, Suécia e Inglaterra.
Profissionais de engenharia civilAustrália, Áustria, Bélgica, Brasil, República Tcheca, Dinamarca, Alemanha, China, Índia, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, Eslováquia, África do Sul, Suécia, Suíça e Inglaterra.
Profissionais de redes e base de dados (TI)

Aprenda a investir na bolsa

Áustria, Bélgica, Brasil, China, Irlanda, Luxemburgo, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Rússia, Cingapura, Eslováquia e África do Sul. 

ContadoresAustrália, Dinamarca, Finlândia, França, Grécia, China, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura e Suécia.
DentistasAustrália, Canadá, Dinamarca, Finlândia,  Índia, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura e Suécia.
Farmacêuticos

Austrália, Canadá, Finlândia, Índia, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, Rússia, Eslovênia e Suécia.

Engenheiros industriais e de produçãoAustrália, Bélgica, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, África do Sul, Espanha e Inglaterra.
Engenheiros eletrônicosAustrália, Brasil, França, Nova Zelândia, Noruega, África do Sul, Suécia e Suíça. 
Engenheiros químicosAustrália, Hungria, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, África do Sul e Inglaterra.
Engenheiros de minas e petróleoAustrália, Brasil, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, África do Sul e Inglaterra.
FisioterapeutasAustrália, Bélgica, Canadá, Finlândia, Nova Zelândia, Cingapura e Estados Unidos.
PsicólogosAustrália, Canadá, Dinamarca, Finlândia, Nova Zelândia, Noruega e Suécia.
RadiógrafosAustrália, Finlândia, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura e Inglaterra.
Audiólogos e Terapeutas da falaAustrália, Finlândia, Irlanda, Nova Zelândia e Cingapura.
ChefsBélgica, Canadá, Nova Zelândia, Noruega e Inglaterra.