Carreira

Os 10 piores empregos de 2017, segundo a CareerCast

Foram levadas em consideração características como perspectivas de crescimento, renda, condições do ambiente de trabalho e estresse

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – As carreiras relacionadas ao setor de comunicação estão entre as piores do mundo, segundo um levantamento do portal CareerCast.com que mapeou 200 cargos. Para o ranking foram levadas em consideração características como perspectivas de crescimento, renda, condições do ambiente de trabalho e estresse. 

Veja a lista com os piores empregos de 2017:

1 – Repórter de jornal

Expectativa de crescimento: 
Salário médio anual: 

PUBLICIDADE

2 – Apresentador de TV

Expectativa de crescimento: -9%
Salário médio anual: US$ 38.870

3 – Cortador de árvores

Expectativa de crescimento: -4%
Salário médio anual: US$ 37.590

4 – Militar alistado

Expectativa de crescimento: 0%
Salário médio anual: US$ 27.936

5 – Trabalhador que atua no controle de pragas

Expectativa de crescimento: -1%
Salário médio anual: US$ 33.040

6 – DJ

Expectativa de crescimento: -11%
Salário médio anual: US$ 30.830

7 – Publicitário

Expectativa de crescimento: -3%
Salário médio anual: US$ 50.380

PUBLICIDADE

8 – Bombeiro

Expectativa de crescimento: 5%
Salário médio anual: US$ 48.030

9 – Vendedor de varejo

Expectativa de crescimento: 7%
Salário médio anual: US$ 22.900

10 – Taxista

Expectativa de crescimento: 13%
Salário médio anual: US$ 24.300