Os 10 erros mais cometidos durante uma entrevista de emprego

Um bom currículo, na maioria dos casos, não será o único suporte para o profissional entrevistado garantir a vaga

SÃO PAULO – Um bom currículo, na maioria dos casos, não é o único suporte para o profissional ser contratado para uma vaga de emprego. Uma boa aparência, simpatia e domínio de algumas qualidades contam vantagem nessa hora.

Segundo um levantamento do Nube (Núcleo Brasileiro de Estágios), erros como o uso incorreto da língua, falar mal de outro colega e até a postura corporal estão entre as dez falhas mais cometidas durante uma entrevista ou dinâmica.

Comportamento vale pontos
Para a coordenadora de Seleção do Nube, Natália Caroline, os candidatos que evitarem alguns problemas terão ampla vantagem nas entrevistas. “Utilizando esses conhecimentos, com certeza o candidato aumentará a chance de aprovação em um processo seletivo e de ter mais sucesso em sua carreira”, afirma.

PUBLICIDADE

De acordo com o Nube, os dez principais erros cometidos em processos seletivos são:

 

 

 

  1. Português: O Nube sustenta que esse é um ponto muito importante. Falar e escrever corretamente, sem o uso de gírias, conta muitos pontos para o candidato. Vícios de linguagem como “né” e “tipo” causam má impressão. Em caso de erro, corrija!
  2. Vestimenta: Decotes, roupas curtas ou justas, calças muito baixas e camisetas de times devem ficar guardados para outras ocasiões. A dica é apostar em cores neutras como preto, marrom, bege e branco. O Nube recomenda sempre perguntar sobre qual o tipo de traje adequado. Na dúvida, vista-se bem!
  3. Falta de ética: Falar mal sobre pessoas e de empresas pelas quais você passou não é bom para sua imagem. É antiético citar exemplos negativos, principalmente quando o candidato não está envolvido no episódio. Fofoca nem pensar!
  4. Postura corporal: O corpo transmite muitas mensagens. Sentar-se com postura “largada”, ombros caídos, pés inquietos e batendo no chão, olhar disperso e mãos segurando a cabeça demonstrando tédio podem fazer você ser desclassificado. 
  5. Conversas: Bater papo durante uma entrevista demonstra falta de respeito. Evite conversas paralelas quando o recrutador ou os candidatos estiverem falando. Em uma dessas ocasiões, você pode perder explicações importantes sobre o processo seletivo. 
  6. Mentiras: Elaborar histórias fantasiosas sobre cursos ou experiências em seu currículo ou entrevistas não cola. No caso de um eventual teste, o que você fará? Se não tiver conhecimentos nas áreas solicitadas, mostre seu interesse em aprender. 
  7. Falta de conhecimento: Sem conhecer a empresa, fica difícil ser contratado. Faça uma busca em sites da internet, assim você poderá ter mais ideias de como ela se posiciona no mercado e mostrará interesse ao entrevistador. Segundo o Nube, não é válido perguntar sobre salários e benefícios no início da conversa. Isso demonstra o interesse maior no dinheiro e não na oportunidade. Porém, se não ficar claro, aborde o assunto antes de finalizar o encontro. 
  8. Atrasos: Chegar com 15 minutos de antecedência é o ideal. A impressão dos candidatos que se atrasam é de falta de comprometimento. Calcule o seu tempo antes de ir para uma entrevista.
  9. Postura corporativa: Dar risadas, criticar os demais participantes ou fazer piadas em excesso não são comportamentos esperados pelo selecionador na hora da dinâmica. Esses momentos são de avaliação.
  10. Falta de participação: Você foi chamado para uma dinâmica de grupo e quer a vaga? Então participe ativamente de todas as atividades. Apenas tome cuidado para não falar demais e deixar os outros candidatos sem espaço. Mostre que você sabe trabalhar em equipe e dê a oportunidade de outras pessoas também se expressarem.