previdência

Operações de crédito consignado por aposentados sobem quase 5% em maio

Número de operações - entre empréstimo e cartão de crédito - foi de 876.326, totalizando um montante de R$ 2,9 bilhões

SÃO PAULO – O número de operações de empréstimo consignado realizadas por aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) subiu 4,85% em maio, na comparação com abril, atingindo 876.326 contratos, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (22) pela Previdência Social.

Em valores, as operações em maio totalizaram R$ 2,904 bilhões, um aumento de 13,62%, na mesma base comparativa, já que, em abril, houve registro de R$ 2,556 bilhões.

Em relação a março do ano passado, houve aumento de 11,65% nos valores contratados e queda de 4,40% no número de operações.

PUBLICIDADE

Modalidades
De acordo com dados da Previdência Social, no caso do empréstimo pessoal, foram contratados R$ 2,903 bilhões em maio, valor 11,77% superior ao verificado no mesmo mês de 2011. No total, foram realizadas 876.205 operações no quinto mês deste ano, o que representa uma queda de 3,99% na comparação anual.

Em relação a abril, a soma total dos valores dos contratos de empréstimo pessoal em maio ficou 13,62% maior. Na quantidade de operações houve aumento de 4,86%.

O número de operações com cartão de crédito foi de 121 em maio, somando R$ 270 mil – montante 91,08% inferior ao verificado no mesmo período do ano anterior.

No geral, o valor médio das operações dos que recebem entre um e três mínimos foi de R$ 3.596,05. Já os com renda acima de três mínimos contrataram empréstimo pessoal com valor médio de R$ 6.575,59 em maio.

São Paulo é líder
Ainda de acordo com os dados da Previdência, o estado de São Paulo é líder tanto no número de operações de consignado quanto no valor movimentado. De acordo com a Previdência, em maio, São Paulo concentrou R$ 836 milhões e 220.918 contratos.

Por região, o Sudeste respondeu por 420.326 contratos, no valor de R$ 1,491 bilhão. Na região Nordeste, foram realizadas 214.256 operações, que somaram R$ 611 milhões. Em maio, a região Sul foi responsável por 150.510 mil contratos, cujo valor somou R$ 507 milhões.

PUBLICIDADE

No Centro-Oeste, as operações somaram R$ 138 milhões, em 41.889 operações, enquanto o Norte foi responsável por 38.674 contratos, que somaram R$ 112 milhões.