Oferta de vagas para arquitetos é maior na Região Sudeste, diz pesquisa

Oportunidades nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo atingem média de 6,64 vagas por profissional

SÃO PAULO – As oportunidades de emprego têm se mostrado melhores para os profissionais de arquitetura nos estados da Região Sudeste. Para se ter uma ideia, em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e no Espírito Santo, o número médio de vagas para cada profissional da área têm sido de 6,64. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (25) e fazem parte de uma pesquisa da Catho Online.

As vagas de emprego para os setores administrativos financeiros e de odontologia também se destacam na avaliação. No estudo é possível observar que a média de oportunidades nestes segmentos foi de, respectivamente, 3,74 e 3,20 vagas por profissional.

Outras áreas
As oportunidades em biotecnologia, biomédicas, bioquímicas e no setor administrativo operacional também estão no ranking dos profissionais mais procurados na Região.

PUBLICIDADE
Região Sudeste (maior oferta de vagas)
ÁreaVaga por candidato
Arquitetura6,64
Administrativa Financeira3,74
Odontologia3,20
Biotecnologia/ Biomédicas/ Bioquímicas2,53
Administrativo Operacional2,52
Informática/ TI/ Engenharia da Computação2,48
Enfermagem2,47
Educação/ Ensino/ Idiomas2,34
Automação Industrial/ Comercial1,87
Departamento Pessoal1,75
Fonte: Catho Online 2011

Nesta mesma região é possível identificar ainda em quais níveis hierárquicos estão as maiores ofertas de vagas. Os profissionais especializados com curso superior representam 69% das oportunidades.

Menor oferta
De acordo com o estudo, a Região Sudeste também se destaca por apresentar baixos índices de oportunidades em determinados segmentos, como os de terapia ocupacional, secretariado, agropecuária e veterinária.

O primeiro item, por exemplo, oferece cerca de 0,018 vagas por trabalhador. As contratações de secretariado então, são ainda menores, ocupando 0,014 das oportunidades. Já o setor de agropecuária e veterinária não ficam atrás, oferecendo apenas 0,013 oportunidades de emprego por candidato.

Para a Catho, que gerenciou a pesquisa, apesar de serem menos favoráveis aos trabalhadores, os dados apontam um cenário positivo para os empresários, que podem escolher melhor os candidatos à vagas. “As áreas de terapia ocupacional, secretariado, agropecuária,veterinária e compras possuem uma grande quantidade de profissionais por vaga. Tal fato beneficia as empresas que recebem diversos currículos”, informa a organização.

Região Sudeste (menor oferta de vagas)
ÁreaVaga por candidato
Terapia Ocupacional0,018
Secretariado0,014
Agropecuária/ Veterinária0,013
Compras0,013
Técnico Comercial0,012
Internet/ e-commerce/ e-business0,011
Recursos Humanos0,006
Publicidade e Propaganda0,003
Relações Públicas0,002
Agrobusiness0,002
Fonte: Catho Online 2011