Atitude

O que pessoas bem-sucedidas fazem durante suas noites

Inspire-se nos hábitos noturnos de pessoas que marcaram o mundo

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Uma boa parte dos empreendedores concorda que é no período da manhã que a genialidade deles “funciona” melhor. Os CEOs da Starbucks, Howard Schultz; Xerox, Ursula Burns; e GE, Jeff Immelt, por exemplo, acordam bem cedo para aumentar a produtividade.

No entanto, as noites também são importantes para garantir o sucesso. A revista Fast Company fez uma lista com os hábitos de algumas mentes brilhantes da humanidade. Confira:

Ler
“Você tem ideia do que é fazer um filme? Oito horas de trabalho pesado todos os dias para conseguir três minutos de filme”, afirmou o diretor de cinema sueco Ingmar Bergman em uma entrevista de 1964. Ele costumava aproveitar as noites para visitar amigos, assistir televisão e, principalmente, ler livros.

PUBLICIDADE

Um estudo da Universidade de Sussex, do Reino Unido, descobriu que seis minutos de leitura por dia são suficientes para reduzir o estresse em até 68% – esta é uma excelente justificativa para começar a ler antes de dormir.

Dormir cedo
O compositor Ludwig Van Beethoven raramente trabalhava em suas músicas de noite. Na verdade, ele costumava dormia antes das 22h e ainda dizia que nove horas de sono eram necessárias para potencializar os afazeres do dia seguinte.

Para quem não tem o costume de dormir cedo, vale colocar lembretes no celular para lembrá-lo a hora de se deitar.

Ficar com a família
Carl Jung, o pai da psicologia analítica era conhecido por ser workaholic, apesar de ter escrito que “alguém que está muito cansado e continua trabalhando mesmo assim é um tolo”. Mesmo assim, ele procurava estar em casa todas as noites para preparar refeições para a família. Segundo o psicoterapeuta, passar o tempo em família é uma das melhores maneiras de garantir a qualidade de vida.

Pensar
O inventor Benjamin Franklin aproveitava as suas noites para refletir sobre o próprio dia, analisar suas atitudes e perguntar para si mesmo “O que eu fiz de bom hoje?”. Você também pode se beneficiar com um momento de introspecção; tire uns minutos da noite para avaliar os pontos ruins e bons do dia e tentar achar soluções para que o amanhã seja ainda melhor.

Converse
Os famosos livros “Razão e Sensibilidade” (1811) e “Orgulho e Preconceito” (1813) provavelmente teriam ficado prontos se não fossem as noites da escritora britânica Jane Austen. Ela usava o período para ler tudo o que escrevia para seus familiares.

PUBLICIDADE

Mesmo que você não seja um escritor ou artista, você pode compartilhar seus projetos com amigos e a família mais próxima e pedir conselhos. Muitas vezes, esse tipo de feedback é o que mais ajuda.

Trabalhe
O escritor Henry James nunca deixava de produzir. Há quem diga que ele escrevia todos os dias até o fim de sua vida. Depois do jantar, ele passava as noites fazendo anotações para o trabalho do dia seguinte. Claro que trabalhar tanto assim pode não fazer bem, mas você pode definir suas prioridades antes de ir para a cama; comece determinando as cinco tarefas mais importantes do dia seguinte.

Prepare-se
O novelista londrino Sir Kingsley Amis parava de escrever quando descobria o que viria a seguir. A atitude tornava o trabalho do dia seguinte mais fácil, já que ele sabia por onde começar. Ou seja, você pode usar as noites para tornar a rotina matinal ainda mais fácil: separe a sua roupa ou prepare o almoço do dia seguinte.