Obama, Merkel, Putin...

O que 9 grandes líderes políticos faziam aos 20 anos

O site PolicyMic recordou essa época de nove dos mais importantes políticos da atualidade, como Obama, Merkel, Putin e Cameron

SÃO PAULO – Muitos chegam aos 20 com dúvidas e inseguranças em relação à carreira, ao mercado de trabalho ou com a vida pessoal. Mas, será que políticos como Barack Obama e Vladimir Putin carregavam essas incertezas no auge de seus vinte e poucos anos de idade?

O site PolicyMic recordou essa época de nove dos mais importantes políticos da atualidade. Confira abaixo o que eles faziam aos 20 anos:

1. Barack Obama, presidente dos Estados Unidos
Depois de se formar em Ciência Política pela Columbia University, em 1983, Obama mudou-se para Chicago, onde ele ajudou comunidades de baixa renda que tinham sofrido com o fechamento de fábricas de aço locais.

PUBLICIDADE

Segundo o site, antes de se matricular em Harvard Law School, faculdade de Direito de Harvard University, o então futuro presidente dos EUA visitou parentes no Quênia.

2. Vladimir Putin, presidente da Rússia
Putin aspirava trabalhar para o governo antes mesmo de terminar o curso de Direito da Leningrad State University. Ele trabalhou na agência de segurança do Estado e na divisão de espionagem. Putin também passou mais de uma década trabalhando para os serviços de inteligência russos.

3. Angela Merkel, chanceler da Alemanha
Aos 20 anos, Merkel conheceu seu primeiro marido, Ulrich Merkel, na University of Leipzig. Eles se casaram em 1977 e, ao ganhar seu diploma, a chanceler alemã trabalhou como garçonete.

4. Bashar Al-Assad, presidente da Síria
Na faixa dos 20 anos, Assad cursava Medicina na University of Damascus, onde se graduou em 1988. Na época, segundo o PolicyMic, o jovem Assad fazia residência em oftalmologia em um hospital militar e não tinha planos de se envolver com a política, já que seu irmão mais velho, Bassel, era o próximo da linha de sucessão de seu pai Hafez, ex-presidente sírio. “Mas depois que Bassel morreu em um acidente trágico de carro, Assad se tornou o sucessor de seu pai.”

5. Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel
Netanyahu se juntou ao Exército de Israel antes de completar a segunda década de vida. Ele serviu na unidade de Forças de Defesa de Israel e participou de grandes operações com a de “Isotope”, missão para libertar reféns a bordo do voo 572 da Sabena no aeroporto de Lod em 1972.

6. David Cameron, primeiro-ministro do Reino Unido
O primeiro-ministro britânico se formou com honras em Brasenose College, da University of Oxford, e passou os cinco anos seguintes trabalhando no Departamento de Investigação do Partido Conservador. “Embora ter sido considerado um estudante talentoso, Cameron era membro do Bullingdon Club durante a universidade – grupo que, segundo rumores, era famoso no campus por pregar peças”, acrescentou a publicação.

PUBLICIDADE

7. Kim Jong-un, líder supremo da Coreia do Norte
Segundo o PolicyMic, o início da vida de Jong-un está envolto de mistérios. Ele se formou na Kim Il-sung Military University e, supostamente, teria acompanhado seu pai Kim Jong-il em inspeções de campos militares até completar 30 anos.

8. Hassan Rouhani, presidente do Irã
Depois de se formar em Direito na University of Tehran, Rouhani viajou por todo Irã para pregar discursos a favor do aiatolá Ali Khamenei.

9. Xi Jinping, secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China
Filho de Xi Zhongxun, um dos fundadores do Partido Comunista, passou seus primeiros 20 anos trabalhando em uma remota aldeia de Liangjiahe, o que a maioria dos jovens “intelectuais” fazia na época. “Durante esse tempo, ele teria aprendido as virtudes camponesas.”