Carreira

O desequilíbrio de gênero em 12 áreas do mercado de trabalho

LinkedIn lançou uma pesquisa onde mostra a porcentagem de mulheres em cargos de liderança em comparação com o geral

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A rede social profissional LinkedIn lançou nesta semana uma pesquisa, realizada em 10 países, que mostra a diferença entre o número de mulheres no mercado em cada setor econômico e a quantidade delas que chega a cargos de liderança. 

Lançada na semana do Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, a pesquisa descobriu que mesmo em países onde a mão de obra é mais equilibrada em termos de gênero, a diferença das participações feminina e masculina em cargos de liderança ainda é considerável. “O caso mais emblemático é o das italianas, que preenchem 45% das posições no mercado de trabalho, mas apenas 26% dos cargos de liderança”, escreveu a rede social na divulgação dos resultados. 

Ao analisar os setores econômicos separadamente, o LinkedIn descobriu que o setor que mais evoluiu em contratações para cargos de liderança com relação a anos anteriores foi o de Tecnologia, que aumentou essa taxa em 18%. Em aviação, autos e transportes no geral as mulheres ocupam apenas 18% dos cargos de liderança. Confira a tabela abaixo:

SetorParticipação feminina geralParticipação em cargos de liderança
Saúde e Farmacêutico61,1%45,8%
Governo / Educação / Terceiro Setor53,6%47,4%
Serviços47,3%33,6%
Varejo e Bens de Consumo46,0%33,1%
Mídia e Entretenimento43,4%33,1%
Serviços Financeiros e Seguros42,8%28,8%
Tecnologia30,4%20,6%
Telecomunicações30,0%21,7%
Indústria28,0%18,7%
Arquitetura e Engenharia27,5%19,1%
Petróleo e Energia25,7%19,1%
Aero/Auto/Transporte25,7%18,0%

Aprenda a investir na bolsa