Segurança ao acionista

Novo CEO da Avast abre mão de salário e bônus para sempre

Bônus anual será doado para caridade, disse o executivo recém-empossado

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — O novo presidente e coproprietário da Avast, Ondrej Vlcek, desistiu de receber salário e bônus para sempre, como forma de enviar um sinal aos acionistas de que confia na empresa de tecnologia, cuja ações subiram 46% no ano passado.

Um dia depois de assumir o comando da fabricante de software antivírus, que tem sede em Praga, Vlcek “indefinidamente” reduziu seu pagamento anual para US$ 1 e disse que doaria seu bônus anual de US$ 100 mil para instituições de caridade, segundo comunicado da Avast. O CEO agora detém 2% do capital da Avast e continuará a ser remunerado com ações dentro do plano de incentivo de longo prazo da empresa.

Vlcek, de 42 anos, está atrelando sua renda ao preço de mercado de uma das maiores firmas de segurança cibernética do mundo, cujo desempenho das ações superou a maioria dos concorrentes nos últimos 12 meses e que mostra potencial de mais valorização, segundo todos os analistas consultados pela Bloomberg. Vlcek substitui Vincent Steckler, que liderou a expansão global da Avast e ajudou a abrir o capital da empresa em maio passado, no maior IPO de uma empresa tecnologia da bolsa de Londres de todos os tempos.

O conselho revisou e aceitou a proposta de Vlcek de renunciar ao salário e bônus anual. “Respeitamos e elogiamos sua decisão, que é um testemunho de sua confiança no potencial de criação de valor a longo prazo da Avast”, disse Ulf Claesson, presidente do comitê de remuneração, no comunicado.

Invista e pare de se preocupar com salário todo mês. Abra uma conta gratuita na XP.