Dona de US$1,2 bi

Norueguesa de 19 anos é a bilionária mais jovem do mundo

A jovem é herdeira de uma família cuja riqueza foi construída na indústria do tabaco e, hoje, é uma empresa de investimentos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Já imaginou ser uma das pessoas mais ricas do mundo aos 19 anos de idade? Essa é a história da norueguesa Alexandra Andersen, que estreou este ano no ranking de bilionários da Forbes.

A garota é herdeira da fortuna da família, construída no meio do tabaco, e é dona de uma participação de US$ 1,2 bilhão na empresa de investimentos Ferd, segundo a Forbes. Igualmente rica é a irmã de Alexandra, Katharina, que é um ano mais velha que a bilionária.

Cada uma das irmãs é dona de 4,42% da empresa e, apesar de sua riqueza, conseguiram viver normalmente na Noruega – até completarem 17 anos. Para pessoas cuja idade é maior que a mínima, as autoridades publicam o número de retorno dos impostos e, por isso, a riqueza das jovens passou a chamar atenção.

PUBLICIDADE

Katharina ainda comentou em uma entrevista sobre a primeira vez em que detalhes sobre sua fortuna foram publicados, em 2014, mencionando que recebeu 500 novas solicitações de amizade no Facebook.

A riqueza da família teve início com o tatara-tatara-tataravô das irmãs, em 1849, quando comprou uma fábrica de tabaco, com o objetivo de ser a empresa líder de cigarros na Noruega. Em 2005, a família vendeu a empresa para outra empresa e, hoje, a Ferd é uma empresa de holdings com fundos de private equity, fundos imobiliários e seguros, comandada pelo pai das irmãs.