No Brasil, 70% dos executivos já enviaram e-mail errado, diz pesquisa

Assim, é de extrema importância revisar atentamente a lista de distribuição antes de enviar uma mensagem, alerta a Robert Half

SÃO PAULO – Enviar um e-mail errado ou copiar algum destinatário por engano são situações que já acometeram pelo menos 70% dos executivos brasileiros, segundo revela pesquisa realizada pela Robert Half.

De acordo com o levantamento, mais de 90% dos executivos acreditam que a quebra de regras de etiqueta digital prejudica “pelo menos um pouco” a imagem do profissional; sendo que 40% avaliam que a imagem é muito prejudicada quando tais eventos acontecem.

Além disso, para 78,8% dos entrevistados, a massificação do uso de aparelhos móveis só fez piorar a situação, visto o número de quebra de regras de etiqueta no ambiente de trabalho aumentaram com o maior uso desses aparelhos.

PUBLICIDADE

Boas maneiras
Para auxiliar os profissionais a utilizarem o e-mail da melhor forma possível, a Robert Half dá algumas dicas:

  • Respostas: não deixe as pessoas esperando por você. Se estiver em reuniões consecutivas, orienta a empresa de recrutamento, deixe uma mensagem de ausência temporária. O ideal é tentar responder todas as mensagens em menos de 24 horas;
  • Destinatários: dependendo do assunto, um engano no campo destinatário pode trazer consequências ruins. Assim, é de extrema importância revisar atentamente a lista de distribuição antes de enviar uma mensagem;
  • Clareza: seja claro! Explique logo no início o que você deseja e, depois, no corpo da mensagem, entre nos detalhes e use tópicos que facilitam a leitura;
  • Cuidado com anexos: é considerado indelicado lotar a caixa de e-mails de alguém ou evitar que outras mensagens cheguem por conta de anexos grandes. Dessa forma, antes de enviar um e-mail contendo anexo, procure zipar o arquivo ou utilizar outro programa que permita compartilhar documentos pela internet.