No Brasil, 43% dos gestores querem reforçar equipe na área financeira

Pesquisa mostrou ainda que o Brasil é o país que mais deve empregar novos profissionais da área nos próximos seis meses

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os profissionais da área financeira que pretendem conseguir uma nova colocação no mercado de trabalho devem ficar atentos. Uma pesquisa realizada pela Robert Half revelou que 43% dos gestores brasileiros pretendem aumentar o “time” nos próximos seis meses.

Com a expectativa dos executivos, o Brasil ocupa a posição de país que mais deve empregar novos profissionais da área financeira, com uma perspectiva duas vezes maior do que gestores da Itália, França e Alemanha e três vezes superior à da Suíça.

Ao contrário do que ocorre em outros países, os cargos com maior demanda no Brasil são os de trainee e analista júnior, sendo que o País foi o único a apontar profissionais em início de carreira como os mais requisitados.

Aprenda a investir na bolsa

Motivos
O principal motivo apontado para as novas contratações na área financeira, conforme revela o estudo, é o crescimento dos negócios, que recebeu 56% das respostas dos entrevistados.

Em relação aos motivos que levariam à redução da equipe, 33% apontaram o desaquecimento da economia e, diferentemente dos pares europeus, os gestores brasileiros não apontaram o encolhimento dos negócios como fator para diminuir o número de profissionais da área.

A pesquisa foi realizada pela empresa de recrutamento com 3 mil executivos de 13 países ao redor do mundo.