Nível médio de felicidade dos profissionais brasileiros é de 6,9, revela pesquisa

Presidentes e professores universitários são os profissionais mais felizes, aponta pesquisa feita pela Catho Online

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A felicidade do profissional brasileiro, em uma escala de 1 a 10, é de 6,9, revela a pesquisa “A Contratação, a Demissão e a Carreira dos Executivos Brasileiros” da Catho Online.

Os profissionais mais felizes foram os professores universitários e os presidentes de empresas, com uma média de 7,6. “Apesar desses profissionais terem sido identificados como os mais felizes, não houve grande diferença na escala entre os demais níveis hierárquicos”, afirmou o diretor de Marketing da Catho Online, Adriano Meirinho.

Cada cargo

Observe abaixo o nível médio de felicidade em relação ao cargo:

Nível de felicidade
CargoFelicidade
Presidente, Gerente-geral ou equivalente7,6
Vice-presidente7,1
Diretor7,5
Gerente7,1
Coordenador, Supervisor ou Chefe7,0
Profissional especializado6,8
Consultor independente7,2
Consultor de empresa de consultoria7,2
Professor universitário7,6
Trainee/Recém-formado6,8
Estagiário6,9
Cargo operacional6,5
Cargo administrativo6,5
Outros6,8

Aprenda a investir na bolsa

Fonte: Catho Online

Gênero

Segundo a pesquisa, os homens apresentam nível de felicidade no trabalho maior do que o das mulheres, com 7,1 na escala de 1 a 10, ante 6,7 entre as profissionais. O cargo de vice-presidente é o único em que o nível de felicidade das mulheres é maior do que o dos homens. O delas é de 7,5 e o dos homens, de 7,0.

Mais de 16 mil pessoas participaram da pesquisa. Na escala de 1 a 10, 1 representa a condição de muito infeliz e 10, a de muito feliz