RADAR INFOMONEY AO VIVO Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

Nível de emprego e salário crescem na indústria, e vendas recuam 1,27%

Forte recuperação do trabalho no setor decorreu do aumento do nível de emprego de 5,99% em setembro, segundo relatório CNI

SÃO PAULO – O emprego na indústria brasileira registrou bom desempenho em setembro, mês em que a força de trabalho do setor cresceu 5,99% na comparação com o mesmo mês em 2003. No confronto com agosto, a alta foi menor, de 0,78%, enquanto no acumulado de janeiro a setembro a variação foi positiva em 2,41%.

Os dados fazem parte da pesquisa Indicadores Industriais, divulgada nesta terça-feira (09) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Mensalmente, a CNI levanta os dados em três mil empresas de 12 estados.

Conforme afirmou o documento, as taxas de crescimento superaram as do primeiro ano do Plano Real, época considerada de maior dinamismo da atividade econômica.

Salários sobem 1,04%

PUBLICIDADE

No mesmo sentido, a massa salarial do setor registrou aumento de 1,04% sobre agosto, 11,09% em relação a setembro do ano passado, e 8,48% no acumulado de janeiro a setembro, em relação ao mesmo período analisado em 2003.

Ainda de acordo com o estudo, em decorrência de o mês de setembro ter um dia útil a menos em relação a agosto, houve queda de 1,46% nos indicadores de horas trabalhadas. Por outro lado, sobre setembro de 2003, a alta verificada é de 7,33%, enquanto que no acumulado do ano o indicador subiu 5,43%.

Ritmo de vendas cai

No que se refere às vendas reais da indústria, houve queda de 1,27% na comparação com agosto, considerando série dessazonalizada. De acordo com a nota da CNI, o recuo não significa interrupção da tendência de crescimento, mas sim redução do ritmo de crescimento para bases sustentadas.
Na contramão, frente a setembro de 2003 houve crescimento das vendas de 15,63% e no acumulado até setembro a expansão foi de 16,87%.