Não quer deixar de almoçar com os colegas de trabalho? Controle seu vale-refeição

Conheça algumas dicas para quem não quer deixar de almoçar com os colegas, mas quer economizar com o tíquete

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Faz parte do dia-a-dia profissional almoçar com os colegas de trabalho, até para se integrar e fazer amizades. Mas e se o vale-refeição não for suficiente para sua alimentação?

Geralmente, o valor do vale-refeição é compatível com o preço cobrado pelos restaurantes instalados nos arredores da empresa, mas, às vezes, os funcionários acabam comendo mais do que o estipulado pela cifra, costumam beber sucos e comer a sobremesa. A conseqüência é que, todos os meses, depois do dia 20, as pessoas pagam o almoço com dinheiro dos próprios bolsos.

Esse é um problema, porque, no final do mês, a conta pode chegar a R$ 50,00 ou até R$ 100,00, dependendo de onde cada uma trabalha e do quanto recebe.

A solução

PUBLICIDADE

O caminho pode ser comer em restaurantes mais em conta (vale a pena procurar). Alguns, inclusive, oferecem sobremesa e/ou suco gratuitamente. É claro que, de vez em quando, você pode e deve ir àquele restaurante que adora, mesmo que seja caro.

Outra dica é pegar alimentos menos pesados. Fique atento: massas e frituras, em geral, são mais pesadas, enquanto saladas quase não pesam no prato. Com relação às frutas, talvez fique mais barato comprar uma salada de frutas do que colocá-las separadamente no prato, já que elas também são pesadas.

Dependendo do restaurante, as bebidas podem custar até R$ 3,00. Não pegar bebidas é uma boa maneira de economizar. No entanto, se você for daqueles que não comem sem beber, uma saída a ser avaliada é a água, que, via de regra, é mais barata.

Conselho

Uma recomendação é não utilizar o vale-refeição no fim de semana. Não é proibido fazer isso, mas esteja preparado para pagar os almoços com seu próprio dinheiro no final do mês. Faça a conta e analise se vale a pena.

Economia no trabalho

Para ajudar ainda mais a economizar no dia-a-dia, evite doces, lanches e cafezinhos. Para saciar a fome sem gastar muito, é uma boa idéia trazer sanduíches e frutas de casa. Aliás, é uma opção mais saudável!