saúde mental

Não gosta de seu emprego atual? Veja 9 considerações

Se você está passando pela situação de trabalhar em um emprego deprimente, confira algumas coisas que você deve considerar

SÃO PAULO – Trabalhar em um emprego que não gostamos é um verdadeiro drama e acontece com mais frequência do que pensamos. Porém, na maioria dos casos a culpa é toda do profissional, que decide manter o foco nas partes negativas e acaba deixando que isso influencie a sua satisfação no trabalho. Se você está passando pela situação de trabalhar em um emprego deprimente, confira algumas coisas que você deve considerar.

1. Descubra o que você odeia. Busque uma visão geral da situação. Identifique o que especificamente você odeia sobre o seu emprego para começar a resolver o problema e entenda como isso afeta sua vida pessoal e sua satisfação com o trabalho.

2. Descubra se o problema é você. Uma boa saída é anotar tudo o que tira você do sério durante o dia de trabalho. Depois olhe a lista e encontre temas em comum. Em muitos casos você vai se surpreender ao notar que a maior parte dos problemas da lista pode ser resolvida com uma mudança na sua atitude.

PUBLICIDADE

3. Fale sobre o problema. Encontre pessoas em quem você possa confiar para discutir o assunto. Isso vai dar a você diferentes perspectivas, o que vai ajudá-lo a resolver o problema de maneira bem pensada. Lembre-se de ser imparcial e detalhar a situação, as pessoas podem ver aspectos que você está deixando passar.

4. Elimine o sofrimento. Identifique o que você pode eliminar da sua rotina e que está causando sofrimento para você. Talvez você esteja tão acostumado a realizar as tarefas mecanicamente, mas observe com mais atenção as suas atividades durante o dia.

5. Tente coisas novas. Talvez alterar seus processos de trabalho seja o suficiente para garantir uma maior satisfação com o seu emprego. Tente influenciar mudanças positivas no seu ambiente de trabalho, converse com seu gestor e com seus colegas para sugerir alterações.

6. Planeje uma saída estratégica. Se mesmo depois de todas as tentativas você ainda odiar o seu trabalho, comece a planejar uma saída estratégica. Busque novas oportunidades de emprego, entre em contato com as pessoas do seu network, etc. Isso vai ajudá-lo a suportar o período em que você ainda está na empresa.

7. Mantenha o foco nas coisas positivas. Embora você odeie o seu emprego, se olhar direito ainda vai encontrar algo de positivo nele. Mantenha o foco nisso. Pensar apenas nas coisas ruins do seu trabalho vai fazê-lo ficar frustrado, ao invés disso procure se concentrar nas partes mais satisfatórias para você.

8. Não queime oportunidades. Ainda que seu emprego seja deprimente, certifique-se de permanecer ou sair de maneira adequada. Nunca se sabe o que pode acontecer futuramente e queimar suas oportunidades não é uma saída inteligente. Mantenha o controle.

PUBLICIDADE

9. Encontre tempo para o que você ama. Se você realmente odeia o seu trabalho, procure encontrar novas maneiras de aproveitar seu tempo fora do escritório. Dedique-se aos seus hobbies, passe mais tempo com a sua família, etc. Embora pareçam atitudes bobas, esse tipo de coisa vai dar energia para que você suporte o período em que está trabalhando.

Veja mais matérias de Carreiras no Universia.