RADAR INFOMONEY AO VIVO Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

Não existe trabalho perfeito e imperfeição não é motivo para abandoná-lo

"Faça um pacto com você mesmo, para que, no futuro, ao olhar no retrovisor, tenha orgulho do que verá", diz palestrante

SÃO PAULO – O diretor do CEAG Desenvolvimento de Talentos e Editora e palestrante motivacional, Gilclér Regina, afirma: “o trabalho é o que você faz dele”. E explica: “Os profissionais, frequentemente, se vêem presos a empregos mal remunerados, estressantes e que oferecem poucas possibilidades de progresso”.

“A situação me faz lembrar da Eneida Bini, que se tornou presidente da Avon e, mais tarde, assumiu a diretoria geral da Herbalife. Ela começou como secretária, aos 16 anos, em uma empresa de eventos. Na Avon, foi trabalhar na contabilidade, até chegar à presidência. O segredo dela? Iniciativa. Iniciativa para aprender tudo o que pode sobre o negócio no qual se está inserido”.

Ele conta que, nas empresas, o problema é que algumas pessoas ficam no canto porque têm medo de correr riscos, ou simplesmente não querem ir além de sua esfera de ação. “Pessoas com esse comportamento ficarão estagnadas, não conseguirão agregar valor a sua carreira. O indivíduo sem metas é um indivíduo sem destino, um errante que não sabe nem para onde ir”.

A decisão é sua

PUBLICIDADE

Antes de sair por aí reclamando e se fazendo de vítima do destino, porque não gosta de seu emprego, seja sincero e reconheça: a vida nada mais é do que uma série de escolhas. “Alguns têm idéias. Outros esperam que digam a eles o que fazer”, explica o diretor do CEAG Desenvolvimento de Talentos e Editora.

“Seu trabalho é a sua cara! E ele será sua propaganda por muito tempo! Lembre-se de Picasso, cuja assinatura está em todas as suas obras. Pinturas famosas você encontra a todo o momento no mercado, mas Picasso é Picasso! Fazer com excelência é uma questão de postura. Faça um pacto com você mesmo, para que, no futuro, ao olhar no retrovisor, tenha orgulho do que verá”.

E acrescenta: “Não existe família perfeita, emprego perfeito. No entanto, a imperfeição não é motivo para abandonar aquilo que conhecemos e gostamos”.

Gilclér Regina também recomenda: faça algo de que goste. “Ser apaixonado pelo que faz é bom! As empresas estão pagando a peso de ouro por profissionais que amam o que fazem e estão de bem com a vida”, garante.

Aprenda com as derrotas e com os otimistas

A vida é feita de vitórias e derrotas. Segundo o palestrante, que participou do 2º ConviRH (Congresso Virtual de Recursos Humanos), para construir o sucesso, é importante aprender com os fracassos. “Nós aprendemos com os otimistas, com as pessoas realizadoras. Quando andamos com os desanimados, também aprendemos. Mas o que não fazer. Diga-me com quem andas e te direi quem tu és”.