Na vida profissional, cuidado com as conversas paralelas!

Atitude mostra desinteresse e ainda pode desconcentrar pessoas presentes; além disso, pense que na era da informação, é sempre bom ouvir

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A reunião pode estar muito chata e o assunto da palestra também…..mas, mesmo assim, nada de se render ao comodismo de ter alguém ao lado para conversar.

Essa atitude, muito comum em quem é pró-ativo, somente lhe trará prejuízos no mercado de trabalho. Aquela pessoa que olha feio está com completa razão: você deve tomar cuidado com conversas paralelas.

Desinteresse

Imagine que quando você vai apresentar aquele trabalho que ficou até a madrugada do dia anterior preparando, os colegas, na mesma mesa de discussão, começam a conversar. Você gostaria que isso acontecesse?

PUBLICIDADE

Pois aqui vale a regra de que o que você não gosta que façam com você, não faça com os outros. A conversa mostrará desinteresse sobre o assunto, o que não deve acontecer. Sempre que tiver a oportunidade de ouvir algo, em uma palestra ou reunião, ouça. Estamos na era da informação, e quanto mais você possuir, melhor colocado estará.

Desconcentra os demais

Além de mostrar desinteresse, a conversa pode trazer prejuízos para quem está assistindo ao discurso. Um ruído é totalmente prejudicial se o assunto for muito complexo. Por isso, mesmo se não quiser prestar atenção, nem pense em impedir que os outros prestem.

Isso ainda será uma falta de educação, o que mostrará descaso com o que está sendo apresentado. Na vida profissional, estas atitudes podem mostrar imaturidade e falta de capacidade de concentração.

Cuidado com suas atitudes!

Se conversar já é inadmissível, imagine dar risadas altas ou ainda falar em tom alto. Se isso acontecer e olharem muito para você ou a pessoa que estiver apresentando parar, peça desculpas imediatamente.

Agora, se precisar realmente realizar algum comentário, e que seja de extrema importância, faça-o rapidamente e em baixo tom.