Mundo: 80% dos profissionais acreditam que a experiência pesa mais do que formação

Entre as gerações, a Y se mostra mais disposta a atualizar suas habilidades para progredir na carreira

SÃO PAULO – Um levantamento realizado pela consultoria da área de Recursos Humanos Kelly Services revelou que 80% dos profissionais em todo o mundo consideram a experiência mais importante do que a formação educacional para alavancar a carreira.

De acordo com os dados, apenas 18% dos entrevistados mencionaram a educação formal como mais importante. Já outros 2% ficaram indecisos. No total, foram 97 mil pessoas entrevistadas de 30 países, incluindo as Américas.

Na análise das gerações, as pessoas da geração Y se mostram mais dispostas a atualizar suas habilidades/ qualificações para progredir na carreira, chegando a 64%. Em seguida, aparecem a Geração X, com 60%, e os Baby Boomers (55%).

PUBLICIDADE

Mudança na carreira
A pesquisa apontou ainda que os profissionais não pensam mais em ter uma carreira para toda a vida, já que 57% disseram que esperam mudar de carreira dentro dos próximos cinco anos.

Entre os motivos apontados estão a necessidade de maior renda (27%), maior equilíbrio entre a vida pessoal e profissional (24%) e troca de interesses pessoais (23%).

Na análise entre as gerações, tanto os profissionais da geração Y e X esperam mudar de carreira nos próximos anos. Para ter uma ideia, o percentual chega a 58%, enquanto entre os Baby Boomers, o indicador é a metade.