Motivação: algumas estratégias são infalíveis para levantar sua equipe

Muitas vezes a razão da harmonia no ambiente de trabalho está centralizada no desempenho de uma pessoa: o agente motivador!

SÃO PAULO – Você conhece alguém que tenha uma grande produtividade no trabalho estando desmotivado? Difícil, certo? E muitas vezes a razão para o ânimo reinar no ambiente corporativo está em uma única pessoa, aquela que possui a capacidade de motivar toda a equipe.

Segundo o conferencista motivacional, Gilberto Wiesel, existem alguns procedimentos no dia-a-dia que caracterizam aquelas pessoas designadas a serem as responsáveis pela motivação da equipe.

Quem é o motivador da equipe?

Uma característica forte é o otimismo. No lugar de se apegar aos problemas, ele foca nas possibilidades, além dos objetivos. O motivador ainda integra a equipe, fazendo todos se sentirem parte do grupo e tem o poder da argumentação, ou seja, faz com que o grupo realmente se convença de que determinada meta é necessária e atingível.

PUBLICIDADE

Estamos tratando aqui da relação com o principal ativo de uma empresa: o capital humano, ou a sua equipe de trabalho. Por esta razão, certamente com o tempo irá perceber que cada funcionário é motivado de uma maneira diferente, mas que existe muito em comum entre eles.

Não perca a chance de conseguir identificar meios que possam tornar esta relação cada vez mais parceira. Wiesel ressalta: “cabe aos gestores das empresas entenderem mais do ser humano para poderem alavancar a sua equipe de trabalho”

Como agir?

Elogios. Todo mundo gosta de ser elogiado, mas por mérito. Conforme lembra o consultor, não adianta fazê-lo por obrigação, pois as pessoas perceberão. Encontre qualidades nesta pessoa, e aí sim, honestamente, elogie seu trabalho.

Muitas vezes as pessoas perdem a direção e acabam tendo a produtividade comprometida. Por esta razão, o motivador deve estar sempre por perto indicando o melhor caminho, afinal, as pessoas correm atrás de sonhos e sucesso e esperam uma ajuda para isto, que pode vir do gestor.

Infelizmente muitos funcionários tendem a ser relativamente egoístas, pensando apenas nos seus problemas, sem tentar compreender o outro lado, o do gestor. Sendo assim, comece mostrando a importância deste trabalhador dentro da equipe e o que você espera dele enquanto colaborador. Depois pare e ouça os seus anseios.

Para finalizar, o consultor dá dicas para manter o clima na equipe cada vez mais para cima. Um primeiro passo é se envolver mais emocionalmente com o funcionário: ouça seus problemas, mantenha o clima de amizade no ar, sorria sempre, tenha paciência e o ensine a tê-la também no dia-a-dia, saiba falar e ouvir, convide sua família para visitar a empresa ou participar de eventos, e, por último, aproveite tudo isto para também aprender e tirar proveito desta relação de troca, afinal, ninguém pode dizer que é o dono da verdade sempre!