Ministério oferecerá aula de inglês e turismo para quem quer atuar na Copa 2014

Objetivo é capacitar cerca de 306 mil profissionais para atuarem diretamente com os turistas que chegarem ao País

SÃO PAULO – Após 64 anos, o Brasil irá sediar uma Copa do Mundo. Investimentos que passam de bilhões são esperados pelo governo federal, além da presença de turistas de todas as partes do globo, que movimentarão a economia local.

Diante deste contexto, o Ministério do Turismo lançou o projeto Bem Receber Copa, com o objetivo de qualificar cerca de 306 mil profissionais para atuarem diretamente com os turistas que chegarem ao País.

Serão investidos R$ 440 milhões nesta etapa, informou o ministério. As entidades representativas dos setores envolvidos serão parceiras do governo no projeto. Garçons, motoristas de táxis e de vans, balconistas de bares e lojas e até ambulantes serão treinados por especialistas da Fundação Getulio Vargas.

PUBLICIDADE

No setor de bares e restaurantes, por exemplo, serão capacitados 150 mil profissionais, além de 30 mil camelôs de gêneros alimentícios, de acordo com informações da Agência Brasil. Na aviação regional, a formação deverá atingir 1,5 mil trabalhadores, cerca de 35% dos profissionais do setor. 

Capacitação
O Bem Receber Copa terá formação em línguas (inglês e espanhol), aulas de turismo no Brasil e de habilidades específicas, como a segurança dos alimentos e vendas. 

As aulas do curso serão ministradas nas sedes das entidades do setor, que necessitam estar equipadas de computadores e demais infraestrutura. O curso poderá ser adaptado para diferentes horários e condições materiais, dependendo das características de cada região do País.

O projeto do Ministério do Turismo  está dirigido a 75 localidades brasileiras, consideradas indutoras do turismo nacional.  O grupo é formado por capitais, cidades importantes de negócios e pequenas cidades com atrativos históricos ou naturais. Até 2012, espera-se atender quase 7,2 milhões de pessoas.