Oportunidades

Ministério de Energia abre concurso com salários de R$ 8,3 mil

As vagas são para nível médio e superior. A prova objetiva está prevista para 31 de março, em Brasília

SÃO PAULO – O Ministério de Minas e Energia abriu edital para um concurso público de 17 vagas em cargos de nível Médio e Superior, com salários de R$ 8,3 mil. Do total, uma oportunidade é reservada a candidatos com deficiência.

As oportunidades para nível superior estão distribuídas da seguinte maneira: Analista de Licitação (8 vagas) e Analista Financeiro (2 vagas), com remuneração de R$ 6.130, e Gerente de Projeto (3 vagas) e Gerente Técnico de Projeto (1 vaga), com remuneração de R$ 8.300.

Para se candidatar aos cargos, os profissionais devem ter diploma de nível Superior em qualquer área de formação, exceto para o cargo de Gerente Técnico de Projeto, que exige graduação em Engenharia Elétrica. Além disso, os candidatos devem ter experiência superior a três ou cinco anos, a depender do cargo, nas áreas relacionadas em edital. Para todos os cargos a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

PUBLICIDADE

Os restantes das vagas são para o cargo de Assistente Administrativo (1) e para Assistente Financeiro (2 vagas). Ambos os cargos exigem conclusão de curso de ensino médio ou curso técnico equivalente e experiência superior a dois anos nas áreas descritas no edital. A remuneração é R$ 1.700 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Todos os candidatos passarão por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos, além de análise curricular. A prova objetiva está prevista para 31 de março, em Brasília (DF).

Inscrições
As inscrições estarão abertas entre os dias 25 de janeiro e 18 de fevereiro pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/MME_12_TEMPORARIO. As taxas são R$ 110 para os cargos de Gerente de Projeto e Gerente Técnico de Projeto, R$ 90 para Analista de Licitação e Analista Financeiro e R$ 40 para os cargos de Assistente Administrativo e Assistente Financeiro.

A contratação é por tempo determinado para atuar na UGP (Unidade de Gestão de Projetos) do Projeto META (Projeto de Assistência Técnica dos Setores de Energia e Mineral).