mercado de trabalho

Mesmo com ajustes na economia, 2015 deve ser bom para contratação de executivos

Demanda por executivos deve aumentar em cerca de 20% ante 2014, afirma o diretor da Michael Page no Brasil, Henrique Bessa

SÃO PAULO – Apesar das perspectivas pouco animadoras para 2015, um ano que deve ser marcado por uma possível recessão, segundo economistas, o mercado para executivos poderá estar mais aquecido. De acordo com o diretor da Michael Page, Henrique Bessa, a demanda por profissionais de média e alta gerência deve aumentar de 15% a 20% no próximo ano, em comparação a 2014. 

O aumento da demanda por estes profissionais, na verdade, é uma retomada das contratações após um ano de incertezas na economia. “O ano de 2014 foi muito duro. Teve carnaval tardio, Copa do Mundo e eleições. Tudo isso gera muita incerteza e as empresas ficam mais receosas de contratar”, ressalta Bessa. “Na nossa visão, apesar do mercado estar difícil, o ano que vem não vai ter interrupções como ocorreu neste ano. Muitos projetos terão de andar e executivos de áreas específicas serão mais valorizados.”

No Sudeste, Bessa prevê um aumento nas vagas das áreas de finanças e de supply. “Esse ano teve muitas fusões e aquisições de empresas, o que demanda o profissional Controller”, acrescenta o executivo. Em são Paulo, a área de Supply também deve demandar mais profissionais, enquanto no Rio de Janeiro, áreas comerciais, de petróleo e gás e de Tecnologia da Informação devem despontar. 

PUBLICIDADE

No Nordeste, as áreas comerciais ganham mais espaço. “Vemos grande desenvolvimento de negócios na região”. Já no Sul, a área de engenharia industrial abrirá vagas para gerente de controller, gerente de planta e gerente industrial. Em geral, as empresas buscam profissionais qualificados, com visão ampla de negócios e com boa comunicação. 

 

InfoMoney Corporate oferece mais de 50 cursos presenciais em São Paulo
Turmas se iniciam em 25 de janeiro; são oferecidos cursos livres e MBAs em seis áreas: comercial e varejo, finanças, logística empresarial, marketing, RH e tecnologia. Para mais informações, acesse: http://corporate.infomoney.com.br.