Mercado de trabalho para executivos recua em novembro, diz estudo

De acordo com a Ricardo Xavier Recursos Humanos, no penúltimo mês do ano, foram abertas 1.937 vagas, queda de 3,63%

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O mês de novembro não foi um período favorável para que os executivos encontrassem uma nova oportunidade de trabalho. Um levantamento realizado pela consultoria Ricardo Xavier Recursos Humanos revelou que, no penúltimo mês do ano, foram abertas apenas 1.937 vagas. Frente ao mês anterior, houve uma queda de 3,63%. 

Entre as áreas que mais ofereceram vagas, estão a Comercial, representando 14,8% do total. Em seguida, aparecem Engenharia (11,3%), Financeiro (7,3%) e Administrativo (7,1%).

Outros destaques foram Recursos Humanos (5,9%), Tecnologia da Informação (5,4), Marketing (4,2%), Logística (4%), Contabilidade (3,7%) e Industrial (3,1%). 

Aprenda a investir na bolsa

Graduações em destaque
No quesito graduação, o setor de engenharia manteve a liderança dos últimos meses dentre as mais procuradas no período, com participação de 20,29%.

Também se destacaram em novembro as graduações de Administração (13,51%), Ciências Contábeis (7,57%), Economia (4,41%), Propaganda/ Publicidade e Marketing (2,84%) e Direito (2,32%). Entre as menos procuradas, estão Psicologia (1,58%), Teconologia da Informação (1,14%), Arquitetura (1,06%) e Comércio Exterior (0,79%).

Para o diretor-geral da Ricardo Xavier Recursos Humanos, João Xavier, os engenheiros estão entre os mais procurados, “porque há uma carência muito grande destes profissionais, seja para atuar diretamente na área ou em outros setores”. Além disso, diz ele, atualmente, se formam muito menos profissionais do que o mercado demanda, e com as obras para a Copa do Mundo e Olimpíada, a situação deve se agravar ainda mais.